quinta-feira, 12 de julho de 2012

Magno Bacelar Reafirma Continuidade da Refinaria no Maranhão



O deputado Magno Bacelar (PV), vice-líder do Governo, enalteceu, na sessão desta quarta-feira (11), o encontro que a governadora Roseana Sarney (PMDB) teve com a presidente da Petrobras, Maria das Graças Foster, na terça-feira (10), quando a dirigente da empresa deu garantias de que manterá o projeto de conclusão da Refinaria Premium em andamento na cidade de Bacabeira. Bacelar destacou o empenho da governadora para que o projeto seja mantido e respondeu às críticas da oposição, dizendo que a refinaria será construída para o Brasil, para o mundo e para o Maranhão.

O parlamentar leu uma declaração da presidente da Petrobrás, na qual ela diz que a empresa trabalha para adequar o projeto aos parâmetros internacionais de preço, prazo e uso de tecnologia padronizada; e que a refinaria é importante para o Maranhão em especial e que o cronograma prevê que a conclusão da obra está prevista para meados de 2018 podendo ser antecipada para o segundo semestre de 2017. Magno Bacelar rechaçou por diversas vezes as críticas de que o projeto seria paralisado.

Magno Bacelar lembrou que foi o então presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que esteve no Maranhão, acompanhado da então chefa da Casa Civil, ministra Dilma Rousseff, para o lançamento da pedra fundamental deste grande empreendimento, que foi uma reivindicação da governadora Roseana Sarney, do presidente do Senado, José Sarney, e do ministro das Minas e Energia, Edson Lobão.

“É claro que todos nós ficamos satisfeitos porque, afinal de contas é um empreendimento em torno de R$ 20 bilhões e isso vai melhorar muito a situação econômica do nosso Estado, gerando emprego e renda, e o Maranhão se preparou tanto que a nossa governadora Roseana Sarney, baseada nesse projeto, lançou o Maranhã Profissional, assim como a Refinaria Premium outros grandes empreendimentos foram atraídos para onosso Estado pelo incentivo do Governo do Estado”, afirmou. O deputado fez um apelo para que todos os setores torçam e lutem pela execução do projeto.

O parlamentar do PV afirmou que não é possível crucificar o Estado do Maranhão pelo atraso na obra, porque ela é de responsabilidade da Petrobras, uma empresa de economia mista, que é uma empresa que tem acionistas. “O que é que compete a nós políticos? O que é que compete à governadora e ao presidente José Sarney? É reivindicar o projeto importante como este para o nosso Estado. Então, isso a nossa Governadora Roseana Sarney fez; reivindicou, cobrou e a contrapartida do Estado a nossa governadora vem fazendo, a primeira contrapartida principal foi à licença ambiental, o impacto ambiental, que foi discutido, foi analisado, foi liberado dentro da forma, inclusive o contrato da Petrobras com a Secretaria de Meio Ambiente, em torno de R$ 470 milhões”, explicou.


4 comentários:

Vittória Costa disse...

Meu caro Alexandre,
Em quem devemos confiar?
Nas palavras do Magno ou no blog do Marco Deça? Sim, porque conforme ele colocou no seu blog a Refinaria não virá. Vejamos:
"A presidente da Petrobras, Graça Foster, praticamente descartou a conclusão da refinaria Premium da Petrobras, em conversa hoje, com a governadora Roseana Sarney (PMDB).

Pelo menos pelos próximos cinco anos

Claro que ela não disse o “não!” claramente à governadora, mas apresentou todos os empecilhos e dificuldades operacionais para a obra.


Com Roseana, Lula e Dilma, Lobão ficou na porta do trator que iniciou as obras
E previu que, em 2018 – daqui a seis anos portanto – pode ter um início do que pode vir a ser o projeto.

Pior para o ministro de Minas e Energia, Edson Lobão, que chancelou a construção e chegou a garantir, várias vezes, que a refinaria era “irreversível”.

Do projeto também depende parte do seu projeto de eleição a governador.

A festa de construção da refinaria começou em 2009.

De lá para cá, já foram apresnetadas inúmeras datas de início da operação, sempre enfrentando a resistência da Petrobras.

Na conversa com Roseana e técnicos do governo maranhense, Graça Foster – que não é de meias-palavras – deixou claro que o projeto da refinaria foi uma “forçação” de barra do ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva (PT).

E que agora, no governo Dilma Rousseff (PT), todas essas “viagens” lulistas começam a entrar nos eixos da realidade.

E a refinaria fica para um futuro distante…"

Portanto, meu caro, não passa de mais uma embromação do Magno!

Alexandre Pinheiro disse...

Antes de estabelecer qual especulação mais se aproxima da realidade devemos cobrar a concretização da promessa.

Vittória Costa disse...

Meu caro Alexandre, concordo com você em gênero, número e grau, desde que a pessoa de quem devemos cobrar, seja uma pessoa que tenha palavra e seja honesta, o que não é o caso, pois as especulações são feitas sempre com o objetivo de ludibriar a população menos informada.

eduardo-ferras disse...

Caro Alexandre, vc deve selecionar as palavras de Magno antes de publicar, pois ele fala muita besteira, cade o hospital que ele conseguiu pra chapadinha? se coisa estadual ele não sabe imagine federal,