quarta-feira, 2 de abril de 2014

À Saúde de Ivandro Xavier ou de Dercy Coelho


Eu meço o incomodo de Belezinha com o que eu escrevo pelo esforço do Ivandro Coelho em me desqualificar de forma agressiva. A última investida do blogueiro do governo foi contra uma crítica construtiva que lancei no blog com relação aos últimos problemas do HAPA.

Ivandro, de má-fé, confunde cargo de assessoria que tive na SEMUS como se eu fosse lotado para dar plantão no HAPA em tentativa de desmerecer minhas críticas. Irônico ele "descobriu" que eu nunca fui colocar band-aid nos pacientes do HAPA, o que seria tão hilário quanto esperar que ele, Ivandro, fosse assentar uma manilha na Rua 7 de Setembro por ser assessor do secretário de obras, Aluísio. 

Entre as várias falsidades a meu respeito destaco o trecho: “sua (minha) função, na verdade era outra: elogiar os governos Magno e Danúbia através de seu blog. Enquanto isso, os pacientes morriam à míngua no hospital, transportados em carros de funerárias”, diz Ivandro me dando o prazer de provar que ele mente ou se finge de esquecido.


No dia 30 de abril de 2009, primeiro ano do governo Danúbia, divulguei reclamação de profissionais e usuários, destacando o aumento das verbas e a queda da qualidade do serviço. Veja abaixo. 


Para ler a matéria na íntegra clique aqui

Em 05 de julho de 2011 critiquei de forma dura a fantasiosa premiação ao desempenho da secretária Coutinho. Abaixo.  


Para ler a matéria na íntegra clique aqui

Em inúmeros momentos (como aqui e aquicoloquei o clamor dos chapadinhenses por uma saúde melhor acima de corres partidárias e cargos na prefeitura. Agora se o leitor procurar o que dizia o eminente jornalista sobre o drama dos conterrâneos nada encontrará porque ele fechou o blog a soldo dos mesmos que eu ousei enfrentar quando mandatários. No dia que Danúbia abria o seu gabinete na condição de prefeita, Ivandro fechava o blog, nada falou por 4 anos e agora força em chamar alguém de cínico e hipócrita. 

Será que ele vai se calar sobre o fato de a ambulância ter quebrado (ontem) quando levava policiais feridos para São Luís para proteger os patrões pra os quais agora escreve ou vai simplesmente jogar a culpa naqueles que alugaram seu silêncio por quatro anos? 

É por isso que as agressões gratuitas de Ivandro já não me produzem mais que rápido lamento pelo triste papel assumido pelo jactado ex-intelectual que hoje não consegue ir além de misturar citações de poetas mortos com palavreado chulo, transformando-se numa espécie de espírito confuso e caricato entre Chico Xavier e Dercy Gonçalves.     

Um comentário:

LEANDRO SILVA VIEIRA disse...

Sempre achei esse tal Ivandro um babaca com B MAIÚSCULO! Por isso o que vem desse verme não é de se admirar.