quarta-feira, 30 de abril de 2014

“O Maranhão Precisa Estar Unido e Dizer Não ao Grupo Sarney”, afirma Eliziane


O grupo político chefiado pelo senador José Sarney (PMDB-AP) está há cinco décadas no comando do Maranhão. Pela primeira vez nesse período, os principais candidatos de oposição vão se unir para derrubar o clã Sarney.

Amanhã de manhã, a deputada estadual Eliziane Gama, do PPS, vai retirar oficialmente a sua candidatura ao governo maranhense. Eliziane declarará apoio ao ex-presidente da Embratur Flávio Dino (PCdoB). Trata-se de um movimento de impacto. Eliziane, a terceira colocada nas pesquisas eleitorais, vai se aliar a Dino, que aparece como líder nos levantamentos.

Eliziane diz: “Vou retirar a minha candidatura em nome da alternância de poder. Para vencer a situação de grande pobreza, o Maranhão precisa estar unido e dizer não ao grupo Sarney. Pretendo, agora, disputar uma vaga na Câmara. Mas isso não é definitivo. Se a coligação preferir, posso concorrer como vice do Dino ou como candidata ao Senado na chapa”.

Eliziane e Dino vão enfrentar o senador Lobão Filho, candidato ao governo maranhense pelo PMDB. Lobão Filho é herdeiro do ministro de Minas e Energia, Edison Lobão (PMDB), um antigo e fiel aliado da família Sarney.


Informações da coluna do jornalista Felipe Patury, na Revista Época

Um comentário:

Bento Verdiano disse...

sao cinco decadas de descaso com o povo maranhense,EU DIGO NÃO AO GRUPO SARNEY E QUEM ELES APOIAREM