segurança

segurança

sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Concurso: Mínimo, Fraudulento e Agora Eleitoreiro


Pau que nasce torno até a cinza é torta e o concurso público da prefeitura de Chapadinha veio pra confirmar o velho ditado popular. Nasceu com o número ridículo de vagas, 221 postos de trabalho oferecido enquanto o próprio governo confessa possuir mais de 1.300 contratados. Nem o clamor popular amoleceu o coração e o projeto foi aprovado.

Durante a realização teve de tudo: gente ligada à prefeita passando sem ter feito inscrição, descobriu-se que nem prédio a empresa realizadora possuía e até irmãs (siamesas ou telepáticas) fazendo prova idêntica a da outra. Por liberalidade a justiça local achou que tais fraudes não comprometeram o certame, mas o caso continua rolando no Tribunal de Justiça que ainda pode anular se assim entender.

Como final de comédia pastelão a prefeita Belezinha usa o site da prefeitura para chamar os aprovados que serão empossados nos seguintes termos: “A Prefeitura de Chapadinha realizará no próximo dia 26 desse mês, o ato de nomeação dos aprovados no concurso público municipal realizado em março deste ano. O evento contará com a presença da prefeita Ducilene Belezinha, que dará as boas-vindas aos novos servidores. E ainda a presença de vereadores, lideranças políticas e autoridades municipais” diz o texto da SECOM. Confesso que fiquei curioso pra saber de as “lideranças políticas” seriam os candidatos apoiados pela prefeita nestas eleições.

E pra fechar todos estão convidados para um coquetel no Torre do Sol... Se a Justiça Eleitoral permitir não duvido que os bravos, meritórios e independentes concursados sejam obrigados a sair do local com adesivo no peito e carro plotado.  

Nenhum comentário: