segurança

segurança

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Belezinha Recebe 6 Milhões Extras e Não Paga Abono Nem Reajuste da Educação

 

Por meio de matéria do blog da professora Jane Andrade os servidores da educação voltam a reclamar do Abono Salarial nunca pago pelo governo Belezinha.

Embora progressivamente receba – em todas as áreas e em especial na educação – mais recursos que a administração anterior, de janeiro de 2013 até agora os servidores da educação não viram a cor do dinheiro do abono. Na gestão passada, só para se ter ideia, foram 3 abonos pagos durante os quatro anos do governo Danúbia.

De acordo com o Sindicato dos Servidores Públicos de Chapadinha, só de repasses extras a prefeitura recebeu mais de 6 milhões de reais até agora, R$ 6.396.718,68 pra ser exato, e sequer vem cumprindo a obrigação de reajuste salarial de acordo com determinação do piso nacional dos profissionais da educação. “O que os Professores de Chapadinha não sabem é que além de perderem o abono em 2013 referente a Complementação da União no valor de R$ 1.357.700,76. O Complemento da União que geraria abono ou nosso reajuste salarial 2014 no valor de R$ 1.386.024,61, já rendeu aos cofres da prefeitura pouco mais de 80 mil reais  já que está depositado na conta desde o mês de março. Lembro ainda que em fevereiro deste ano também houve Complementação da União no valor de R$ 3.652.993,31para que a prefeita Ducilene Pontes pudesse pagar o reajuste salarial de 22% aos professores de acordo com o reajuste do valor aluno/ano como determina o MEC. Só que ao invés disso concedeu apenas 8% do que é devido a você professor”, esclarece o SINDCHAP.

Blog do William Fernandes Noticiando Um dos Três Abonos da Gestão Anterior

Ainda de acordo com o Blog da Professora Jane, que é secretária-geral da entidade representativa dos servidores, a postura da prefeita Belezinha é muito diferente da então candidata que dava garantias em pronunciamentos de pagar os abonos e todos os direitos dos servidores. “Os professores sofridos de Chapadinha não precisarão mais bater panelas para receber o abono a que têm direito, se o dinheiro do abono cair em um dia, no outro eu já liberarei o pagamento para os professores”, dizia a então candidata Belezinha.

Perto de completar metade de seu mandato a prefeita Belezinha segue sem pagar o abono e descumprindo obrigações salariais já incorporadas aos vencimentos do magistério na maioria dos municípios brasileiros, inclusive muitas cidades bem menores que Chapadinha. Enquanto isso sindicato e professores parecem de mãos atadas, inertes e abrindo precedente para o desrespeito de uma categoria que deveria ser valorizada e para a perda de garantias nesta e em futuras administrações.    

Em tempo: segundo relatório do TCE, em 2013, só do FUNDEB. a prefeitura de Chapadinha recebeu R$ 39.177.143,12. 


Nenhum comentário: