segurança

segurança

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

O Triste Fim de Roseana Sarney


"Vês, ninguém assistiu ao formidável enterro de tua última quimera".  Bem que a saída de Roseana Sarney poderia ter sido como cantou Augusto dos Anjos em seus Versos Íntimos. Diferente disso a renúncia da filha de Sarney ganhou repercussão em todo o Brasil, que assim como o Maranhão, ficou sem entender os reais motivos da antecipação do fim do mandato.

Homenagear Arnaldo Melo, fugir da operação Lava Jato ou recusar passar a faixa ao adversário Flávio Dino tudo diminui a estatura pública de alguém que ocupou o cargo mais importante do estado por tanto tempo. A versão oficial de problema de saúde enquanto prepara uma temporada no exterior, ressoa como o mais puro desdém.  

A vergonha que foi o governo Roseana do começo ao melancólico final foi respondido nas urnas quando o povo do Maranhão deu uma acachapante vitória a Flávio Dino, de quem agora se espera não só a melhoria dos indicadores e o desenvolvimento do estado, mas a redenção do Maranhão por gestos republicanos e atos dignos de seu mandatário.     

Nenhum comentário: