segurança

segurança

quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Onde Estão? Prefeitura de Chapadinha Aluga 144 Veículos Por Quase 3 Milhões de Reais/Ano



Documentos de uma auditoria do DENASUS, realizada entre julho e agosto de 2014, que o blog teve acesso com exclusividade, revelou um dos segredos mais bem aguardados da prefeitura na gestão de Belezinha: a quantidade de carros supostamente alugados da famosa empresa fantasma chamada Queops.

De acordo com o relatório, na Constatação Nº 332222 (veja recorte, abaixo), a prefeitura paga 144 veículos de alugueis entre automóveis, ônibus e vans. Segundo o relatório a secretaria de saúde conta com 5 vans, 20 pickups,  5 caminhões basculantes e 8 automóveis. Já a educação tem alugados 10 ônibus, 8 vans, 10 caminhões e 15 pickups. Na lista da secretaria de administração aparecem 21 pickups, 10 caminhões e 13 automóveis. A secretaria de assistência social também possui veículos locados sendo 8 pickups, 5 vans e 6 automóveis.   

DENASUS: Lista de Veículos Alugados 

Onde Estão os Carros?
A pergunta acima passou a ser insistentemente feita por vereadores e pela população depois que este blog revelou o escândalo da Queops, quando se descobriu que a empresa era antes uma firma de representação comercial, o escritório era de fachada e os supostos empresários eram de fato funcionários da prefeitura de Tutóia, laranjas de uma família aliada de Belezinha e com vários membros ocupando cargos na prefeitura municipal.

Acima Escritório de Fachada da Queops e Abaixo Sede da Locadora Olho Vivo 
Diferente do informado oficialmente ao DENASUS, um funcionário ligado ao setor de transportes, que não quis se identificar, revelou que a educação tem de fato 5 ônibus e que a saúde não tem caminhões a seu dispor, quando precisa requisita da educação.   

Como os carros alugados pela prefeitura não possuem identificação, não constam em lista de prestação de contas e com base no escândalo da locadora Queops que acabou tendo o contrato cancelado, a sociedade continua sem informação clara sobre os contratos públicos para aluguel de carros e persiste a suspeita de desvios de recursos com pagamento de veículos de propriedade de liados, vereadores, da própria prefeita ou carros que nunca prestaram serviços.  


Irregularidades
A auditoria do DENASUS, que se ateve apenas a questões formais, apontou uma série de irregularidades na licitação como a inexistência de concorrência e não publicação do resultado.  

Queops R$ 2.940.000,00 e Olho Vivo R$ 2.316.450,00   
A própria prefeitura admitiu que o valor anual de seus contratos de locação de veículos da Queops ficou em torno de R$ 2.940.000,00 e sob investigação do Ministério Público anulou a licitação e cancelou o contrato, embora tenha feito pagamentos depois do anúncio da extinção do contrato.

Depois da Queops, uma empresa por nome Olho Vivo, conhecida no mercado atuando como malharia, foi escolhida em substituição à empresa laranja. De acordo com dados do Pregão Eletrônico N° 006/2013 a prefeitura contratou a Olho Vivo Transportes por seis meses e pelo valor de R$ 2.316.450,00. 

Locação e Cassação
No município de Presidente Vargas, o promotor Benedito Coroba está pedindo a cassação da prefeita Ana Lucia Mendes porque a locadora contratada por ela (a Hidrata Construções Ltda) só possui um veículo registrado no DENATRAN em seu nome. Enquanto Chapadinha – entre fantasmas, laranjas e malharias - ninguém tem assegurado o direito de saber quais são e a quem pertencem os carros que levam quase 3 milhões de reais por ano do dinheiro do povo. 

Nenhum comentário: