segurança

segurança

quinta-feira, 5 de março de 2015

Ativista Social Denuncia Ataque Racista em Blog de Chapadinha



O militante social Juvenal Neres Souza, que é Coordenador Estadual da ONG Articulação do Semiárido Brasileiro - ASA Brasil, usou sua página do Facebook para denunciar prática de racismo contra ele por meio de postagem em blog e redes sociais.

Neres que costuma criticar a prefeita Ducilene Belezinha, acusa o professor, ex-sindicalista e atual assessor da secretaria de cultura do município, Enedilson Santos como autor da injúria racial por meio de um blog de humor por ele mantido. “Como muitos de vocês acompanham, por conta de minhas posições políticas, já fui alvo de muitas ofensas aqui nesta Rede Social, mas nenhuma me entristeceu tanto quanto a que ilustra esta postagem. A ofensa foi tão fortemente sentida que preferi o silêncio, talvez para não propagar a humilhação. Inicialmente apenas denunciei a imagem no Facebook como prática de racismo e solicitei ao moderador do Fórum de Discussão de Chapadinha que a retirasse, o que foi prontamente atendido”, diz Juvenal Neres em nota.

Juvenal falou de seu constrangimento, ressaltou ter levado o caso às autoridades e lamentou a postura do professor. “Depois resolvi fazer valer meu direito e registrei queixa na Delegacia de Polícia contra o blogueiro autor da montagem racista e pretendo levar até o fim o processo judicial contra meu agressor, que infelizmente é educador deste município, ex-líder sindical e filiado ao Partido dos Trabalhadores, assim como eu”, relatou o militante.

Na parte final da nota, o militante relatou sua indignação, fez menção a manifestações racistas noticiadas em nível nacional e voltou a condenar a agressão idealizada por um educador. “Apesar do constrangimento pessoal, refleti que não tenho o direito de calar, pois, quando um torcedor contrário agride um atleta de forma racista ele não insulta apenas o individuo, mas milhões seres humanos que merecem respeito e agressões assim, ainda que impensadas, já foram intensamente condenadas pelo povo brasileiro em vários momentos”, lamentou. “Agora suporto a dor de rever minha face retratada de forma tão vil no aguardo do que a sociedade tem a dizer sobre o gesto planejado, arquitetado e praticado por um professor e formador de opinião” finalizou o ativista.     

Professor Justifica Publicação

Em comentário no Facebook, o usando a personagem “Jabiraca Santos”, o professor Enedilson Santos se disse também ofendido e vítima de preconceito por ser deficiente e negou racismo, mas insinuou que Juvenal Neres não merece respeito. “Por inúmeras vezes o ENEDILSON foi agredido nesse espaço (Facebook)! No início o Neres colocava áudio, o marcava e caia em cheio em piadinhas e ataques pessoais”, comentou.   

Depois da queixa na Delegacia a postagem também foi retirada do Blog. 

Registro da Denúncia de Neres Souza 

Nenhum comentário: