segurança

segurança

quarta-feira, 22 de abril de 2015

13 Horas: Belezinha Desconta Salário de Professores Que Cumprem Lei

Belezinha e Maria Coelho


O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Chapadinha está denunciando o desconto no salário dos professores que estão exercendo o direito de permanecer 13 horas em sala de aula, deixando o restante da carga horária para atividades fora da sala de aula, como prevê a Lei Federal 11.738/08, cuja legalidade foi confirmada pelo Supremo Tribunal Federal.

Indignada com os descontos a presidente do SINDCHAP, Jane Andrade, divulgou um vídeo em redes sociais criticando o fato de Chapadinha ser o único município a não cumprir a lei das 13 horas e lamentando a postura da secretária municipal de educação que é ex-sindicalista.

“O município de Chapadinha é o único no estado do Maranhão a não respeitar a lei das 13 horas e quer obrigar os profissionais a trabalharem muito mais tempo em sala de aula e isso, além de não trazer benefício para o município, isso prejudica o servidor que já trabalha em péssimas condições”, declarou Jane Andrade.

“E o que me deixa mais triste e revoltada é que essa punição parte de uma sindicalista, de uma pessoa que dedicou a vida a defender esses profissionais, hoje persegue, desconta salário e assiste calada enquanto os professores são condenados porque estão apenas buscando seus direitos. A professora Maria Coelho (Secretária de Educação), ela viu o salário do saudoso professor Axixá ser descontado por um ano e o que foi que ela fez pra defender esse amigo de luta? Agora desconta de professores e professoras colegas de sala de aula. A professora Maria Coelho dizia em discurso: 'sou do chão da sala de aula'. Não é mais, hoje ela é do chão da prefeitura. Tenho muito a lamentar, tenho muito a repudiar”, desabafou Jane.


O desconto variou entre 200 e 250 reais de cada professor. O SINDCHAP tem uma ação na justiça local para garantir em Chapadinha a Lei das 13 que já realidade em todo o território nacional.  

Nenhum comentário: