segurança

segurança

terça-feira, 28 de abril de 2015

Deputado Levi Pontes Esclarece Mortes em Hospital de Coroatá e Lamenta Postura da Oposição


O deputado Levi Pontes (Solidariedade) ocupou a tribuna, na manhã desta terça-feira (28), para prestar esclarecimentos acerca da notícia de que teria havido pelo menos quatro mortes na UTI do Hospital Macrorregional de Coroatá. De acordo com notas publicadas na imprensa, as mortes poderiam ter sido ocasionadas pela interrupção no fornecimento de oxigênio, decorrente de uma queda de energia elétrica no hospital.

Levi Pontes informou que já está em suas mãos o relatório preliminar sobre o episódio, que desmente que as mortes denunciadas ocorreram todas em meia hora. “Nós temos um relatório assinado por uma médica, que não ia assumir a responsabilidade de assinar atestados de óbitos mentirosos. Eu não posso admitir que uma colega médica tivesse inventado um horário, um diagnóstico médico, porque assim ela seria penalizada pelo Conselho Regional de Medicina”, afirmou o deputado.

Ele explicou que o relatório preliminar diz que todos os quatro casos eram de alta mortalidade e morbidade e que houve um espaço de mais de dez horas entre a morte de um e a morte de outro. Levi Pontes frisou que teve a preocupação de acessar o site do Ministério da Saúde, no programa chamado SIM Web, que significa Sistema de Informação de Mortalidade.

De acordo com este site, em Coroatá, no primeiro trimestre, o índice de mortalidade neonatal foi de 11 crianças e neste trimestre de apenas três crianças. “Estes dados são dados matemáticos que estão lá no sistema. Como é que pode alguém aqui já chegar dizendo que estão matando crianças em Coroatá, quando a gente tem os índices com 50 e 76% de melhora nos índices de mortalidade neonatal e infantil?”, questionou Levi Pontes.

Ele lamentou que parlamentares da oposição, em diversos casos, estão tentando se valer da distorção da realidade. “Aqui, neste caso, é algo como a busca de um factoide, e isso não é possível dentro desta Casa. Eu lamento profundamente que alguns nobres deputados se utilizem de expedientes duvidosos, renegando tão nobre missão que receberam do seu povo, mas isso a gente não pode aceitar. Eu gostaria de pedir a esta nobre oposição, que é importante para este Parlamento e por não dizer vital para as nossas atividades, que fizesse uma oposição mais crítica, que fizesse denúncias e não afirmações vazias e sem sentido algum”, ressaltou o deputado Levi Pontes.

Nenhum comentário: