segurança

segurança

terça-feira, 7 de abril de 2015

Proposta de Aumento de Impostos Gera Confusão na Câmara Municipal

Vereador Braga Contra Aumento de Impostos

A proposta do novo Código Tributário, pelo qual a prefeita Belezinha pretende aumentar impostos já existentes e criar novos tributos, voltou a gerar polêmica e esquentou o clima na Câmara de Vereadores durante a Sessão de ontem.

O projeto gerou protestos no final do ano passado ao colocar praticamente todas as residências de Chapadinha como incluídas na obrigação de pagar IPTU (reveja) e por uma série de atividades como vendedores ambulantes e salão de beleza que passariam a ser taxadas pelo município (releia).

A prefeita Belezinha chegou a convocar a Câmara extraordinariamente no final de 2014 para votar o aumento de impostos, mas teve recurar devido a forte repercussão negativa. (reveja). 

A confusão de ontem, com direito a bate-boca, microfone cortado e acusação de ditadora contra a presidente Márcia Gomes / PR começou quando o vereador Eduardo Braga, pediu esclarecimentos quanto ao andamento do projeto. Sem chegar a um acordo se o projeto de autoria da prefeitura deveria receber parecer da comissão de legislação e possibilitar emendas houve um acalorado debate sobre o regimento interno da Câmara.

Contrária ao aumento de impostos a bancada de oposição busca que o governo aceite o desgaste de aumentar alíquotas que começarão a ser cobrada em 2016 – ano de eleição – ou retire definitivamente o projeto.

Os vereadores Eduardo Braga / PT e Nonato Baleco / PDT foram os mais enfáticos e chegaram a perder a paciência com a presidente Márcia Gomes que mostrou pouca intimidade com o regimento da Casa e falta de habilidade para conduzir os questionamentos.

A definição sobre o trâmite da proposta de novo Código Tributário e novas polêmicas devem acontecer na sessão de quinta-feira. 

Nenhum comentário: