segurança

segurança

quarta-feira, 20 de maio de 2015

Saúde: Levi Pontes Defende Aluguel de Prédio e Fala Sobre Críticas por Interesses Contrariados


O deputado Levi Pontes / Solidariedade ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa nesta quarta-feira (20), para defender o governo a respeito do prédio alugado na Avenida dos Holandeses pela Secretaria de Estado da Saúde (SES).  

Levi Pontes informou que o prédio alugado vai abrigar a Secretaria Adjunta da Atenção Primária à Saúde com os departamentos de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente, do Idoso, de Estratégia do Programa de Saúde da Família.

De acordo com Levi, o prédio também vai abrigar os departamentos de Saúde Bucal, de DST/Aids e Hepatite Viral, o Programa dos Mais Médicos, Sala de Situação, o Sistema de Informação e da Atenção Primária e da Política e Equidade.

O parlamentar informou ainda que o prédio abrigará mais a Segunda Secretaria Adjunta e a de Vigilância em Saúde, com os departamentos de Vigilância Epidemiológica, Vigilância Ambiental, Vigilância em Saúde do Trabalhador, Vigilância Sanitária.

INTERESSES CONTRARIADOS
Conforme Levi, também vão funcionar no prédio alugado pela SES o Programa Leite é Vida, a Coordenação das Unidades Gestoras Regionais de Saúde, os Setores de Endemias e, por último, a Comissão Setorial de Licitação do Governo do Maranhão.
Ao ouvir as críticas da Oposição, Levi Pontes ficou surpreso com a deputada Andréa Murad (PMDB), que apesar de só conhecer o prédio por meio de fotos, alega não suportar os ambientes da saúde.

Na ocasião, Levi revelou que o prédio foi alugado por R$ 43 mil e o dono resolveu não mais alugar o imóvel para a SES, pois não recebeu o vencimento de outubro, novembro e dezembro de 2014.

Na avaliação de Levi, é importante alugar um prédio numa avenida que fique perto de tudo, pois possibilita maior mobilidade para a população acessar os serviços básicos de saúde.

“Não creio que existam outros interesses por trás disso. Quando se fala em alugar um prédio, sempre lembramos do prédio do Edinho Lobão. Talvez alguns interesses estejam sendo contrariados”, disse Levi.

Agência Assembleia 


Nenhum comentário: