segurança

segurança

segunda-feira, 6 de julho de 2015

Belezinha Acerta Escolha do Comando, Mas Insiste na Desculpa de Falta de Recurso para Guarda Municipal

Raimundo Peres Entre os Juízes Cristiano Simas e
Gervário Santos na época do CDP
No dia 2 julho adiantei que entre os prováveis indicados para o cargo de comandante da Guarda Municipal estaria “um ex-dirigente de órgão estadual ligado ao setor de segurança, com conhecimento em gestão e bom conceito profissional”, acertei.  O ex-diretor do Centro de Detenção Provisória de Chapadinha, Raimundo Peres, foi confirmado no comando da Guarda Municipal.

Como dito inicialmente, Raimundo Peres fez um trabalho no CDP que o credencia a assumir a nova empreitada e consolida o acerto da prefeita Belezinha pela escolha dele em detrimento opções que seriam lamentáveis.

Apesar da escolha louvável, segundo relatos, ao invés de ressaltar as qualidades do novo gestor, Belezinha – em seu discurso – teria insistido na desculpa da falta de recursos, em contraste com os valores de repasses a que temos conhecimento por órgãos oficias como o montante de 155 milhões movimentados em 2014, segundo o Tribunal de Contas do Estado. Só para se ter ideia, os guardas municipais de Chapadinha alegam não receber uniformes há dois anos.  


Se Belezinha acertou nomeando Raimundo Peres, pode fazer a emenda ficar pior que soneto, na medida em que negar a ele as condições mínimas de trabalho a que Peres, até por zelo com o próprio conceito profissional, não se submeterá. 

Nenhum comentário: