segurança

segurança

quinta-feira, 2 de julho de 2015

Precatórios da Constran: Ricardo Pessoa e diretores da UTC devem prestar depoimento sobre propina paga a Roseana Sarney

email_dou_youssef
E-mail interceptado pela Polícia Federal confirma a participação de Ricardo Pessoa na negociação que resultou no pagamento de R$ 10 milhões em propina ao governo Roseana Sarney
A Policia Civil do Maranhão deve colher nos próximos dias depoimentos do empreiteiro Ricardo Pessoa, proprietário da UTC/Constran, e dos diretores da construtora Walmir Pinheiro e Augusto César Ribeiro Pinheiro.
Os três devem falar sobre o suposto pagamento de propina a ex-governadora Roseana Sarney para adiantamento de precatórios à Constran.
O caso veio à tona depois que a ex-contadora de Youssef, Meire Poza, afirmou em depoimento à Polícia Federal que após o pagamento de R$ 10 milhões em suborno foi iniciado a liberação de recursos para pagamento da dívida.
Na ocasião, a Revista Época divulgou o teor de um e-mail que confirma a negociata e mostra envolvimento dos diretores da empresa no acordo com o governo Roseana.
Em dezembro de 2013, o diretor financeiro da UTC, Walmir Pinheiro, encaminhou uma mensagem para Youssef e para o diretor financeiro da Constran, Augusto César Ribeiro Pinheiro, cujo título era “Precatório MA”.
Walmir Pinheiro parabeniza os dois pela “concretização do acordo com o gov. MA”. E ainda enaltece a conquista em razão da dificuldade em alcançá-la: “sei perfeitamente o quanto foi duro fechar esta operação, foram quase 6 meses de ida e vinda”, afirma Pinheiro.
No e-mail, Walmir refere-se a Youssef como “Primo”, apelido amplamente utilizado por pessoas próximas ao doleiro. Na mensagem, foram copiados ainda o presidente da UTC Engenharia, Ricardo Pessoa.
O caso do precatório da Constran é investigado pela Justiça do Maranhão. A dívida com a construtora estava na Justiça há mais de 20 anos.
 do Blog Marrapá 

Nenhum comentário: