quarta-feira, 5 de agosto de 2015

Ação de Guardas e Agentes Contra Menor Divide Opiniões e Gera Polêmica


Uma ação de Agentes de Trânsito e Guardas Municipais - que culminou com a detenção e uso da força contra o condutor de uma moto que seria menor de idade e estaria circulando em uma moto irregular  - acabou gerando muita polêmica nas redes sociais, após divulgação de vídeos e fotos da ação que aconteceu na principal via comercial de Chapadinha, a Avenida Oliveira Roma, em frente à Loja Pague Menos.

Versão do Menor
Segundo a versão do jovem, mesmo reconhecendo a situação irregular do veículo e sua condição de pessoa não habilitada, tanto Agentes quanto Guardas teriam cometido abuso de poder e uso excessivo da força. “Foi um sofrimento pra mim esses guardas acham que são donos do mundo pra saírem batendo nos outros como se fosse vagabundo e ladrão. Tô inconformado e amanhã irei registrar BO contra cada um deles”, disse o menor M.N.C. por meio de sua página do Facebook.

Defesa de Guardas e Agentes
De acordo com Guardas e Agentes ouvidos pelo blog, o menor, que costuma pilotar sua moto de maneira perigosa, empinando pneus e trafegar em alta velocidade, teria avançado o sinal no cruzamento da Travessa 15 de Novembro com a Gustavo Barbosa (canto do Boi Gordo) e Agentes de Trânsito teriam comunicado o ocorrido a uma equipe que estava na Oliveira Roma que teria abordado a moto logo em seguida. Parado pela equipe – ainda conforme relato de guardas e agentes – o menor teria reagido com violência e desacato contra apreensão da moto. “Ele (o menor) chegou a jogar o capacete contra um Agente, queria impedir o recolhimento da moto e por isso ele teve que ser imobilizado para ser levado à delegacia”, declarou um guarda municipal.

Nenhuma Nota Oficial
Mesmo com a forte repercussão do fato nenhuma nota oficial foi emitida ou esclarecimento foi prestado pela prefeitura, que comanda a Guarda Municipal e os Agentes de Trânsito.

Um Fato, Muitas Fotos e Vídeos e Várias Versões Desencontradas
Pelas fotos, vídeos e depoimentos divergentes postados no Fecebook não é possível esclarecer o fato e as opiniões seguem divididas quanto a abordagem. Por evidente um menor com moto irregular não pode trafegar, restando ser apurado se a força empregada não poderia ter sido evitada ou se fora (ou não) usada de forma desproporcional. 

2 comentários:

mario bareta disse...

Se for apurar com detalhes, os guardas estão cheios de razão. Se esse rapaz tivesse se comportado como pessoas decente e civilizada, com certeza nada disso teria acontecido. Como no Brasil existe a predisposição de se proteger bandidos, não duvidem se esses guardas que estavam trabalhando ainda serão punidos, sob o argumento de truculencia

Mario Bareta

mario bareta disse...

Se for apurar com detalhes, os guardas estão cheios de razão. Se esse rapaz tivesse se comportado como pessoas decente e civilizada, com certeza nada disso teria acontecido. Como no Brasil existe a predisposição de se proteger bandidos, não duvidem se esses guardas que estavam trabalhando ainda serão punidos, sob o argumento de truculencia

Mario Bareta