segurança

segurança

terça-feira, 18 de agosto de 2015

CAEMA: Cadê a Água? Cadê os 23 Milhões?



Desde a primeira notícia de que Chapadinha receberia 23 Milhões de Reais para resolver o problema de abastecimento este blog vem batendo na tecla de que a sociedade precisaria saber o que seria feito e debater a eficácia do projeto.

Em setembro de 2013 houve um debate sobre se a Câmara deveria ou não doar 150 mil reais, de eventuais sobras de recursos, para construção de poço artesiano e, em meio à polêmica este blog lembrou existência de uma verba de 26 milhões (depois corrigida para 23 milhões) sem que nenhum esclarecimento havia sido feito sobre as obras que pretendiam tirar Chapadinha a estiagem. 

“Enquanto o parlamento trava um embate sobre aplicação de 150 mil reais, ninguém procura saber o que será feito com 26 milhões. Enquanto isso, o secretário Aluísio Santos (Obras) diz que a responsabilidade com relação ao abastecimento é da CAEMA e o vereador Manim Lopes (PT) encerrou o dilema ao explicitar que se sobra houver a devolução já está garantida por lei, o falso debate prossegue como se 150 mil valessem mais que os 26 milhões que ninguém quer saber o que será feito com eles” cometei em 20 de setembro de 2013. 

De setembro de 2013 pra cá a obra supostamente andou, mas o drama continua e parece ter sido agravado, pois estamos em agosto e o alarme de racionamento já foi acionado. Sobre o que efetivamente foi feito com os 23 milhões ninguém fala, ninguém esclarece e a falta d’água continua a ameaçar uma cidade de mais de 80 mil habitantes.  

Foto: Blog do Foguinho

Nenhum comentário: