segurança

segurança

quinta-feira, 3 de setembro de 2015

O PC do B e Belezinha Como Cega em Tiroteio


Com a manchete: “em Chapadinha a oposição não está perdida”, o blog ultra belezista do Luís Carlos Jr aponta o comunista Gilnei Baggio como um nome de destaque dentre os possíveis candidatos a prefeito pela oposição.

Em outra postagem, de texto assinado pelo secretário de articulação política Aluízio Santos, parte severas críticas ao deputado Levi, com respingos no governador Flávio Dino a quem acusam de bloquear recursos de convênios.

Sem entrar no mérito dos elogios e ataques, os governistas locais – que apoiaram Edinho Lobão, reiteram juras de amor à família Sarney – sinalizam que temem Levi como adversário pela viabilidade eleitoral, mandato que detém e prestígio mais que demonstrado junto ao Palácio dos Leões e, de outro lado, mostram a quem cortejam em tentativa de pegar uma beirada no governo estadual.

O interesse de Belezinha no PC do B não se resume a Gilnei e têm outros nomes sendo lançados como forma de tentar tumultuar o ambiente dos que trabalharam pela mudança no Maranhão, minimizar os violentos ataques a Flávio Dino lançados por sua mídia e, em troca, abrir a vaga de vice a quem puder facilitar tais objetivos.

Embora infantil, manjada e de improvável sucesso, a manobra de Belezinha pra cima do PC do B tem lógica.  Já nas desastradas ações de tomar partidos de adversários ou de aliados que não confia mais, Belezinha segue perdendo mais uma para o vereador Eduardo Sá, que continua firma no PRTB; comprando briga com a presidente Márcia Gomes de quem tomou o PR para dar a Aluízio; e tirando o PTB de Aldy Saraiva, cuja a filha vereadora (Lívia) tirou mais de mil votos pra colocar a agremiação nas mãos do suplente George Gomes que nas últimas eleições teve pouco mais de 300 votos.


Se como o próprio governo atesta que a oposição não está perdida, as movimentações indicam que, para além da rejeição, Belezinha tá como “cega em tiroteio”.  


Charge de Blog de Belezinha Contra Flávio e Levi

Nenhum comentário: