segurança

segurança

sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Belezinha Virou Motivo de Má Fama a Empresários Políticos


A malfadada imagem de Belezinha como administradora inapta e beneficiária do que ficou conhecido como Governo Funil, ao escoar o dinheiro da prefeitura para suas empresas, já se espalha pela região gerando preconceito contra empresários com pretensões políticas, como se verifica em postagem do blog do Kiel Martins que chama o empresário Carlinhos Barros, pré-candidato a prefeito, de Belezinha de Vargem Grande (leia aqui). Abaixo, trechos do texto do Kiel, em seguida comento.

“O pré-candidato Sarneysista, Carlinhos Barros (PCdoB), tem provocado um medo profundo na população e principalmente na classe dos comerciantes e empresários de Vargem Grande. A desconfiança parte por causa da sua estrutura, que é composta por maquinários, distribuidora de gás, postos de gasolinas, construtoras, farmácias, laboratórios, frigoríficos, comercio de gêneros alimentícios, entre outros, que inclusive, fatorou uma grande fortuna do poder público municipal nos últimos anos”, relata o blogueiro.

“Barros passou a ser visto como a “Dulcilene Belezinha” de Vargem Grande, uma referência a empresária e prefeita de Chapadinha, que também é bem-sucedida no ramo empresarial, porém, uma péssima gestora pública, conforme atesta a população. Todavia, vale lembrar, que Belezinha diferente de Carlinhos não era política e surgiu como uma grande promessa para a Chapada das Mulatas”, continua. “Dulcilene além de ter demonstrado incapacidade de gerir recursos públicos, também se desgastou por causa do excesso de centralização. Belezinha assim como Carlinhos Barros tem tudo que possa prestar e fornecer serviços para uma prefeitura” finaliza Kiel em tentativa de alertar a população de Vargem Grande.

Comento: Os Empresários não Merecem a Comparação  
Não conhecendo a trajetória política de Carlinhos Barros, não posso especular que ele resista ou não à tentação de colocar suas empresas como fornecedoras da prefeitura de Vargem Grande, como já é público e notório no caso de Belezinha em Chapadinha. Por outro lado não acho que seja a profissão de empresário que atua em vários ramos que fará dele um gestor pouco honesto ou ambicioso. Pelo contrário, o que se verifica aqui em Chapadinha é que as mazelas de Belezinha antecedem sua condição de empresária. Até porque sua corrupção e ganância não foram abertas junto com os CNPJs das firmas ou aguçadas com o diploma de eleita e, desconfio, tampouco interrompidas serão com eventual mandado de prisão.        

Nenhum comentário: