segurança

segurança

sexta-feira, 16 de outubro de 2015

Eduardo Braga Propõe Mandato Fixo e Participação da Comunidade em Seletivo para Diretor de Escola



Durante a Sessão de ontem, 15, o vereador Eduardo Braga / PT (foto) apresentou um projete de lei na Câmara que institui seletivo, mandato de 2 anos e participação da comunidade escolar na escolha de diretores de escolas municipais. “Em comemoração ao dia dos professores protocolei hoje projeto de lei que institui o Programa de Seleção para Cargos de Direção Escolar. Pela proposta, os diretores das escolas da rede municipal de ensino serão escolhidos mediante seletivo entre os servidores de carreira e com mandato fixo”, disse o vereador.

“O projeto visa garantir autonomia para que as direções das escolas não dependam de ter ou dar apoio político aos prefeitos ou aos vereadores, e que possam focar suas ações nas questões pedagógicas” explicou Braga.

Entre os critérios, o projeto prevê que os cargos de Diretor de Escola serão preenchidos por servidores ativos, de carreira e concursados do município com: ensino superior completo; pós-graduação em Gestão Escolar, ou curso similar do mesmo nível; e mínimo de três anos de exercício em regência de classe.

Ainda de acordo com a proposta de Eduardo Braga, a avaliação dos candidatos a diretor ocorrerá em duas etapas. Sendo a primeira prova escrita, abrangendo conhecimentos de gestão pública e gestão escolar, pedagogia, psicologia da educação, legislação educacional e legislação sobre a infância, adolescência e juventude e num segundo momento, avaliação de competências específicas, incluindo capacidade de liderança, relacionamento interpessoal, raciocínio lógico, expressão verbal e equilíbrio emocional, realizada pelo Conselho Escolar.

Ao pedir aprovação do projeto o parlamentar destacou que a medida só terá validade na próxima gestão. “Para que o projeto não seja vítima da disputa partidária, o processo seletivo deverá ser adotado a partir da próxima administração. Espero que consigamos a aprovação do projeto e que este sirva de marco para a construção de um novo modelo educacional para nossos professores e nossas crianças”, finalizou Eduardo Braga.


Nenhum comentário: