segurança

segurança

quarta-feira, 18 de novembro de 2015

Assembleia Legislativa celebra, com Sessão Solene, os 70 anos de fundação da Geap



A Assembleia Legislativa realizou, na manhã desta sexta-feira (13), no Plenário Deputado Nagib Haickel, sessão solene em homenagem aos 70 anos da Geap Autogestão em Saúde. A solenidade foi presidida pelo deputado Levi Pontes (SD), que destacou o evento como uma justa homenagem à empresa, que completa sete décadas de atuação no Brasil, cuidando da saúde dos servidores públicos federais ativos, aposentados e seus familiares.

Frisando a importância do papel social da operadora – que não tem fins lucrativos – na saúde suplementar, o deputado Levi Pontes, autor da proposta de realização da sessão solene, destacou que mais de 22 mil pessoas possuem planos de saúde da Geap no Maranhão.

O deputado salientou que, em todo o Brasil, mais de 600 mil pessoas são assistidas pela Geap, reconhecida como a operadora que possui o maior número de idosos do país, com mais de 60% da carteira composta por pessoas acima de 50 anos e 45% dos beneficiários a partir dos 60 anos, sendo mais de 500 centenários.

Levi Pontes assinalou que a Geap tem como um dos diferenciais em relação aos outros planos de saúde compromisso de oferecer a mesma qualidade assistencial em todas as fases da vida do beneficiário. Ele frisou ainda que a Geap mantém convênio com 130 órgãos governamentais (ministérios, autarquias, universidades, fundações, centros de pesquisa, entre outros) e uma rede credenciada de 17 mil prestadores entre clínicas, hospitais e laboratórios.

“Esta sessão solene aqui na nossa Assembleia Legislativa, que é a Casa do Povo, é uma justa homenagem a esta empresa que, por ser uma autogestão, sem fins lucrativos, seus recursos são revertidos para a assistência integral de seus clientes”, ressaltou Levi Pontes.



Em seu discurso, a dirigente da Geap no Maranhão, Maria das Graças Monteiro Fontoura, informou que, com planos que custam em média 40% menos que os ofertados no mercado, a Geap oferece um rol de procedimentos superior ao estabelecido pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), além de serviços odontológicos.

Maria das Graças Fontoura frisou ainda que, ao longo dos anos, a Geap também se tornou referência entre as empresas de planos de saúde brasileiras, ao decidir de forma pioneira sair de um modelo assistencial ultrapassado, essencialmente hospitalar, para outro mais eficaz focado na promoção à saúde, prevenção de doenças e na melhoria da qualidade de vida.



Na condição de representante da Diretoria Executiva da Geap Brasília, João de Castro Chagas Neto, acrescentou, em seu discurso, que hoje os beneficiários de todas as idades têm acesso a programas diversificados, com atividades gratuitas de estímulo ao autocuidado e ao bem-estar, especialmente desenvolvidas para cada etapa da vida: Saúde da Criança e do Adolescente; Saúde do Homem; Saúde Mental; Hiperdia (para pessoas com hipertensão ou diabetes); Maturidade Saudável (beneficiários a partir dos 60 anos), Saúde da Mãe e do Bebê (acompanhamento no pré-natal, parto e pós-parto); Movimente-se com Saúde (estímulo à atividade física); e Expande (atendimento em áreas isoladas com menor oferta de rede credenciada).

No discurso que proferiu na tribuna da Assembleia Legislativa, João de Castro Chagas Neto declarou, ainda, que a Geap Autogestão em Saúde começou a escrever a sua história no dia 29 de setembro de 1945, quando foi criada com o nome de Assistência Patronal dos Servidores do Instituto de Aposentadorias e Pensões dos Industriários (IAPI), idealizada por Hélio Beltrão, na época, agente administrativo do IAPI.

Depois de passar por várias mudanças, em 2005 se tornou a primeira operadora de autogestão do país a obter o registro definitivo concedido pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). No mesmo ano, passou a compor o quadro de dirigentes da União Nacional das Instituições de Autogestão (Unidas).

Em 2013, a Geap – Fundação de Seguridade Social passou por uma cisão, tendo suas atividades (saúde e previdência) segregadas. Duas instituições independentes foram criadas: a Geap Autogestão em Saúde, para administrar os planos de saúde, e a Fundação Geap Previdência, responsável pela gestão dos planos previdenciários.

Segundo o dirigente nacional da empresa, em abril de 2015, a Geap Autogestão em Saúde lançou sua nova identidade visual, alicerçada em dois compromissos primordiais da empresa com seus beneficiários: acolhimento e cuidado. “A modernização da marca coroa o processo de transformação da operadora, nos últimos anos, com recuperação do equilíbrio financeiro, ampliação da rede de atendimento e melhoria dos indicadores de saúde junto à Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS)”, declarou João de Castro Chagas Neto que, em nome da empresa, manifestou agradecimentos ao deputado Levi Pontes e a toda a Assembleia Legislativa do Maranhão.

Ao encerrar a solenidade, o deputado Levi Pontes enfatizou que a Geap é uma operadora de saúde, de atenção integral, que funciona no sistema de autogestão e não visa lucros.

“Esta empresa está no mercado há 70 anos, atendendo servidores públicos federais ativos e inativos e seus familiares, com prestação serviço humanizado e de qualidade. São mais de 600 mil pessoas atendidas atualmente pela Geap. Cerca de 250 mil têm mais de 60 anos de idade, o que mostra a responsabilidade social desta importante instituição”, afirmou Levi Pontes.


A Sessão Solene contou também com a presença da desembargadora Ilka Esdras Silva Araújo e de diretores e funcionários da Geap. Beneficiários dos planos, instituições patrocinadoras e representações sindicais de servidores públicos também participaram da homenagem.

Aurina Carneiro / Agência Assembleia

Nenhum comentário: