segurança

segurança

quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Escândalo: Prefeitura Gasta 234 Mil Tirando Goteira e 314 Mil Pintando Logomarca em Escolas de Chapadinha

Telhado da Escola Sebastião Rodrigues Lobo

O período chuvoso se aproxima, você precisa ajeitar o telhado, tirar goteira. Chama um profissional para fazer o serviço e ele cobra a bagatela de R$ 6.060,35; R$ 12.756,54; 17.366,38; 21.260,90 ou R$ 25.771,39. Gostou dos preços? 

Isso mesmo de 6 a 25 mil reais pra tirar goteira sem colocar uma telha nova. Do menor ao maior preço, não há como não achar os valores absurdos, mas foram estes os montantes gastos pela prefeitura para tirar goteira de algumas escolas da Rede Municipal de Chapadinha, num total de R$ 234.613,59 em 19 prédios, alguns com duas ou três salas.

A constatação é dos vereadores Manin Lopes / PT, Eduardo Sá / PRTB e Nonato Baleco / PDT que, de posse das planilhas de pagamento, visitaram algumas escolas na manhã de hoje, preparando um relatório que deve ser apresentado na sessão que acontece logo mais a tarde.

Em todas as escolas supostamente reformadas, no item 5.1 – Cobertura, se verifica a seguinte descrição de serviço: REVISÃO DE COBERTURA SEM SUBSTITUIÇÃO DE PEÇAS, que no popular nada mais é do que tirar goteira sem colocar uma telha nova que seja. Veja abaixo a relação das escolas e os gastos com goteiras e pintura.


Paredes Internas sem Pintura

As planilhas – de acordo com levantamento dos parlamentares – indicariam também pagamento no valor de R$ 314.788,38 com pinturas enquanto a maioria das escolas visitadas estariam com paredes sujas e sem sinal de terem sido efetivamente pintadas.

Vereadores Sá. Baleco e Manin: Fiscalizando Escolas 
Segundo adiantou o vereador Eduardo Sá, os gastos com a retirada das goteiras são escandalosos e o aspecto geral das escolas é péssimo. “A Pintura que houve foi na parte externa de algumas escolas, apenas para colocar a marca da gestão, incluindo as cores do partido da prefeita e dentro das escolas não existe sinal de que tenham recebido sequer uma mão de cal”, declarou o vereador.

O relatório com as indicações medidas devem ser apresentadas na sessão de hoje que começa às 16 horas.  

 

Nenhum comentário: