segurança

segurança

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Caso Daniel: Advogado Diz Que Secretário de Saúde Prometeu Dinheiro em Troca do Silêncio da Família


O advogado Lourival Soares que defende a família do garoto Daniel e que pretende acionar a prefeitura por danos morais e danos estéticos pelos problemas apresentados na criança após atendimento em unidade de saúde denunciou que o secretário de saúde Allan Montelles teria prometido pagar R$ 1.800,00 a título de ressarcimento a despesas feitas e imposto o silêncio da família como condição, mas não teria honrado o acordo. (veja recortes abaixo)

Boletim de Ocorrência com Declaração da Mãe de Daniel

Extrato da Conta Reativada em Janeiro de 2016

O acordo envolvendo a quantia que acabou não sendo paga, consta do Boletim de Ocorrência registrado, no dia 10 de fevereiro, por Adriana Silva (mãe da criança). “A mãe da declarante (avó de Daniel) procurara o secretário de saúde para relatar os fatos e acontecimentos e gravidade do estado de saúde da criança, tendo prontamente disposto a ajudar nas despesas, sobretudo a reparar/reembolsar um empréstimo realizado pela família no valor de R$ 1.800,00 (um mil e oitocentos reais), para custear despesas de alimentação e medicamentos, porém até a presente data tal ajuda não se concretizou”, diz o BO registrado na delegacia de Polícia de Chapadinha.

Reafirmando o silêncio da família como condição para o pagamento da ajuda financeira e, anexando comprovante bancário, o advogado Lourival Soares disse que uma conta corrente do pai de Daniel chegou a ser reativada para o recebimento do valor combinado.   

Ainda de acordo com o advogado a oferta de dinheiro será levada ao conhecimento da justiça como parte da ação que deve impetrar na semana que vem.

Allan Se Pronuncia
Indagado sobre a denúncia da proposta de silenciar a família em troca de dinheiro o secretário municipal de saúde, Allan Montelles, ouvido pelo blog, desafiou o advogado a provar a acusação: “que ele prove”, disse.

Sobre a reclamação da falta de assistência o secretário declarou ter documentos provando o contrário. “Desde o início estamos sendo orientados juridicamente. Ela falou mas temos documentos que provam o contrário”, finalizou Allan Montelles.

Antecipação de Assistência

No processo contra a prefeitura de Chapadinha, o advogado Lourival Soares garantiu que vai pedir antecipação de tutela obrigando o município a garantir pensão e assistência integral à família do menino Daniel o mais rápido possível. 

Nenhum comentário: