segurança

segurança

quarta-feira, 29 de junho de 2016

Magno Bacelar: “Tô Voltando”!


Apesar de constar seu nome na lista de gestores com contas reprovadas, a candidatura do ex-prefeito Magno Bacelar ainda não pode ser descartada. Além de não ser automática a inelegibilidade dos listados pelo TCU, o ex-prefeito entrou na justiça contra sua inclusão na lista e tem o precedente de 2010 quando o próprio Magno entrou e depois saiu da relação do TCU.

Embora o judiciário seja cada vez mais rigoroso com os gestores de maneira geral e o que ocorre agora com Magno (e Isaías, por exemplo) vai acontecer com Belezinha daqui um tempo, para tirar alguém da disputa eleitoral, além da lista do TCU, precisa haver impugnação do candidato no tempo certo e no foro devido: a justiça eleitoral.

Como a lista TCU é o instrumento que pode futuramente embasar uma provável cassação de seu registro como candidato a prefeito, Magno Bacelar entrou na Justiça Federal (em Brasília, recorte abaixo) com uma ação alegando que não teve direito de defesa em função do TCU ter enviado correspondências e notificações a endereço errado o que dificultou acesso às informações para sua defesa. 

Usando o mesmo argumento, Magno Bacelar, que chegou a ser incluindo no rol dos maus gestores em 2010, conseguiu a retirada de seu nome, foi candidato sem questionamento, ficou na suplência assumindo logo no início da legislatura e permanecendo deputado estadual até o final do mandato em 2014. “Podem se preparar, tô voltando”, é o que diz confiante Magno Bacelar aos eleitores que encontra.

No contexto das últimas movimentações políticas, o futuro de Magno Bacelar e uma eleição completamente diferente com sua presença, é mais um capítulo da novela de 2016 que vem direito de Brasília e vale a pena esperar.       

Processo com que Magno Bacelar Pretende Viabilizar sua Candidatura

Nenhum comentário: