segurança

segurança

terça-feira, 12 de julho de 2016

Belezinha Diz Não Temer Magno e Que Tá Preparada para Derrotá-lo Novamente


Obvio que Belezinha não disse o que está na manchete. Mas deveria ter dito imediatamente após a notícia da liberação do adversário. Os motivos eu explico nesta análise.

O inegável impacto da decisão favorável a Magno Bacelar gera, por certo, alguns debates imediatos e importantes que entre os quais destaco: a questão ética envolvendo condenações de contas, teses jurídicas sobre sua elegibilidade e a estratégia eleitoral sobre o fato.

O Efeito Orloff
Como aquela propaganda da vodca que dizia “eu sou você amanha” Magno é o retrato do que Belezinha passará daqui uns anos com relação às contas de sua gestão. A prefeita Belezinha – de lei falsa, caminhão de lixo, Quéops... – responde a processos cabeludos em diversas esferas e no campo retórico não pode apontar o dedo ou posar de honesta apenas porque Magno é mais antigo em práticas condenáveis.

O certo era nossa justiça ser mais célere com relação aos maus gestores e mais justo ainda era o eleitor ser mais rigoroso e os rejeitá-los nas urnas. Mas se não temos uma coisa nem outra, resta-nos as escolhas por simpatia, opção pelo menos pior entre os ruins ou mesmo por interesses particulares.

Papo Data Vênia
A apreciação do caso da liberação de Magno sob os critérios da ciência jurídica poderá até ser tentado pelos profissionais da área, mas pela complexidade do tema e pelo juridiquês que costumam utilizar, desconfio que o esforço por esclarecer ou formar consenso seja inútil. Estando sempre presente a possibilidade do surgimento de outros entraves e puxando para o nosso bom português o maior obstáculo à candidatura de Magno foi retirado ontem e isso é fato.

A Tática do Medo
Como resultado da volta de Magno à cena política acabou o clima de já ganhou de Belezinha, mas pela quantidade de candidaturas do campo de oposição ainda mantidas a coisa anda é longe de se definir apontando derrota para a prefeita. Por isso e até mesmo porque a reação de Belezinha não faz o menor efeito nos tribunais, a melhor tática pra ela seria demonstrar disposição para enfrentar seu maior adversário prometendo-lhe outra taca de votos. Algo lhe impede, talvez a falta de coragem realista do momento. 

Nenhum comentário: