segurança

segurança

terça-feira, 5 de julho de 2016

Talvane Surge, Marcelo no Páreo, Julgamento de Magno Marcado e Outras Notas das Eleições 2016


Com articulações intensas nos bastidores, perto das definições que antecedem às convenções, quando os políticos preferem esconder o jogo, o blog cai em campo ouvindo vários atores da política e traz os movimentos do momento eleitoral, analisando a tendência de cada líder no quadro.   

Belezinha – De prometer apoio futuro a adversário a engolir sapos enormes, a prefeita já mostrou que vai fazer de tudo para se reeleger. Com as oposições batendo cabeça e dependendo de fatores diversos para apresentar candidatura viável, Belezinha tem a iniciativa na disputa e hoje pode ser considerada a favorita.

Levi Pontes – Decidido a não entrar na briga pela prefeitura, concentrando-se na reeleição de 2018, o deputado Levi Pontes dialoga com seu grupo e com o governador Flávio Dino para definir quem apóia. A tendência maior é confirmar apoio à prefeita Belezinha.

Magno Bacelar – Único nome capaz de ameaçar o favoritismo de Belezinha, mas – até aqui - inelegível, Magno Bacelar espera o julgamento de um processo na Justiça Federal que pode lhe garantir na disputa. A ação de Magno está na pauta para o início da semana que vem. Caso Magno não viabilize seu nome deve lançar Danúbia.

Isaías Fortes – Vive o dilema de se considerar traído por todos os aliados que ajudou a colocar no poder, o que lhe impõe insistir em candidatura estritamente familiar, no caso sua esposa, a atual vice-prefeita Raimunda Maria. Mesmo diante da possibilidade de se isolar e diminuir seu cacife, não deve abrir mão da candidatura caseira que os rumores (de hoje) indicam que o nome pode ser do filho e vereador Marcelo Menezes.

Paulo Neto – Também fora da disputa de 2016 e com problemas em Mata Roma, trabalha abertamente para viabilizar o nome de Talvane Hortegal. Paulo Neto tenta convencer Isaías, Levi e Magno a apoiar Talvane e se cacifar como grande responsável pela união da oposição e receber apoio de Hortegal em 2018 estando ele ou não na prefeitura.

Talvane Hortegal – Com excelente votação como federal em 2014, mas sem grupo político que sustente uma candidatura majoritária, Talvane tem conversado individualmente com outros líderes e espera que as articulações de Paulo Neto surtam efeito. Tem perfil de candidato viável.  

Em tempo: deixo para tratar das pré-candidaturas de Aldy Júnior e Márcia Gomes em outro texto porque as considero movimentações para vice. 

Nenhum comentário: