Publicidade

Publicidade

terça-feira, 9 de agosto de 2016

Levi Pontes Contesta Doação Irregular para Campanha de Flávio Dino


O deputado estadual Levi Pontes (PCdoB) negou, na sessão desta segunda-feira (8), que a empreiteira Odebrecht tenha doado,  por meio de Caixa 2, R$ 200 mil para a campanha do governador Flávio Dino (PCdoB), em 2014. A defesa se deu pelo fato de a deputada estadual Andrea Murad (PMDB) haver repercutido em plenário, nota publicada no final de semana pelo jornalista Lauro Jardim, dizendo que o governador maranhense teria se beneficiado de Caixa 2.

Pontes classificou de “denuncismo sem provas e sem direito à defesa”, a acusação contra Flávio Dino. O deputado assegurou que os Tribunais Eleitorais já aprovaram as prestações de contas de campanha do governador.

“Portanto, nós não temos nada a esconder. A Justiça a qual apoiamos vai dar prosseguimento e amanhã todos os senhores e senhoras vão ter as devidas provas da seriedade com que foi conduzida a campanha do nosso governador. Portanto, não passam de boatos de um jornalista da Rede Globo, que denunciou 21 governadores do Brasil”, afirmou.


O deputado prestou apoio à Operação Lava Jato, por vislumbrar que ela trará a moralidade e a decência para o serviço público, mas disse que os acusados precisam se defender. “Agora não podemos é julgar as pessoas ou as entidades, ou os governos, sem o devido direito democrático que tem os senhores governadores de se defender, porque por esta história de Caixa 2 foram denunciados 20 governadores do Brasil. Então, todo o dinheiro recebido pelo senhor governador na sua campanha de 2010 pela Odebrecht, que alega o jornalista Lauro Jardim, foi incluído na prestação de contas do governador e aprovada em sua totalidade pelo TRE e TSE. Portanto, essas prestações de conta são todas aprovadas e essas supostas notícias não procedem e são absurdas porque há mania do denuncismo sem provas e sem direito à defesa”, acusou.

Agência Assembleia

Nenhum comentário: