segurança

segurança

domingo, 9 de outubro de 2016

Não É Fácil Ser Governo



O ano de minha estréia na militância política foi em 1984, na campanha das Diretas Já, que perdi e chorei junto com milhões de brasileiros. No ano seguinte – enquanto ajuda a organizar grêmios estudantis e a união de secundaristas – distribuía panfletos e participava de manifestações de apoio a Tancredo Neves. Vencida a ditadura no colégio eleitoral comemorei com entusiasmo e decidi entrar para o PT oposicionista antes mesmo de terminar a festa.

No primeiro mandato de Magno Bacelar, após passar décadas combatendo seu Isaías, não demorou eu sai do governo, passando a externar minhas divergências. Naquela época em conversa com o experiente deputado Clodomir Paz ele me disse uma frase que até hoje me gera dúvida: “talvez tu não saiba ser governo, Alexandre”, disse ele.

Dando razão a assertiva de Clodomir, tenho tido dificuldade de concordar com governos que ajudei a levar ao poder. Quem sabe eu não seja – por índole e temperamento – exatamente o inverso daqueles que se sujeitam a bajular qualquer prefeito...

Sabendo da importância de colaborar com uma boa governança e alternar meu papel como pessoa pública, me encho de expectativa de que, com a legitimidade dada pelo povo, pelo amadurecimento recíproco e pela belíssima campanha que tomei parte ao lado do Dr. Magno, eu possa, desta vez, aprender a ser governo, porque fazer oposição eu já sei que sou capaz.     

Nenhum comentário: