Publicidade

Publicidade

sábado, 25 de março de 2017

Avenida Ataliba e o Medo dos Primeiros Buracos

Avenida Ataliba em Foto de Arquivo 

Depois do HAPA a nossa velha avenida Ataliba Vieira de Almeida (que já foi chamada de Central e Kennedy) é o principal motivo de troca de críticas e acusações entre grupos que se revezam no poder municipal.  

Essa semana o grupo político que colocou até maquete e passou quatro anos dizendo que a duplicação era uma questão de dias se animou com alguns buracos e partiu para o ataque com direito a pneus, placas e pescarias.

Em reação às críticas ou já programada como ação pelo aniversário da cidade, hoje começou um operação tapa buracos com asfalto e capaz de aguentar o resto do período de chuvas, segundo a prefeitura.

Operação Tapa Buracos de Hoje

No episódio a mídia de Belezinha demonstrou ingenuidade e preguiça, pois oposição que aposta tudo em buraco termina facilmente enterrada dentro dele com duas ou três pás de asfalto.  

Há diferentes opiniões técnicas sobre qual seria a melhor medida de engenharia para corrigir os problemas históricos da via e cabe ao governo, vereadores, empresários e à mídia debater o assunto com seriedade.


O povo naquela parcela majoritária que não tem obrigação de defender ou atacar governos, mas precisa trafegar sem ricos de danificar veículos ou mesmo de sofrer acidentes, espera uma solução ou ao menos manutenções pontuais como agora, porque essa mesma Avenida já passou anos completamente abandonada como na foto do topo da postagem, quase intrafegável e esse tempo ainda vivo na memória do chapadinhense é que assusta com o surgir dos primeiros buracos.      

Nenhum comentário: