segurança

segurança

quarta-feira, 14 de junho de 2017

Talvane Desconversa Sobre Denúncias e Ataca Aliados em Entrevista na Mirante


Em sua entrevista na Rádio Mirante o médico e vice-prefeito Talvane Hortegal tratou das denúncias contra ele em tom de deboche desqualificando os setores da imprensa que noticiaram os fatos, responsabilizou a oposição ao genro que é prefeito de Pinheiro e incluiu aliados de Chapadinha entre os interessados no desgaste de sua imagem.

Talvane bateu pesado em aliados como o deputado Levi Pontes, se disse boicotado pela prefeitura de Chapadinha e criticou a administração do prefeito Magno Bacelar, especialmente na área da saúde.

Com relação aos plantões, Talvane disse que trabalha de sexta a domingo no Hospital Jackson Lago de Pinheiro o que justificaria seus ganhos. Mas não refutou os documentos que o colocam como recebendo por 28 plantões de 24 horas dentro de um mês.

Sobre a relação das empresas T.R. Hortegal-EPP e INTEGH com o Hospital Regional de Pinheiro e governo do estado Talvane disse que ambas ganharam concorrência, que a empresa INTEGH usa os 700 mil reais para remunerar profissionais e que pertenceria a uma pessoa chamada Milena, a quem ajuda na administração.

De acordo com Talvane, a T.R. Hortegal-EPP ganhou licitação de 147 milhões com o governo do estado para fornecimento de material hospitalar, mas nunca recebeu por tal contrato e que estaria entrando na justiça por conta disso. Quanto ao endereço da empresa ou se ela algum dia funcionou no prédio, Talvane se limitou a declarar que doou o imóvel a ex-esposa e que estaria providenciando outro endereço.

O blog vai trazer mais detalhes da entrevista de Talvane e dos contratos de suas empresas com o governo do estado nas próximas matérias. Aguardem!  

Nenhum comentário: