quarta-feira, 1 de abril de 2015

Vai Encarar? Belezinha Compra Briga com Flávio Dino


Ontem o secretário de obras e articulação política Aluízio Santos fez duras críticas a Flávio Dino pelas ondas da Rádio Mirante de Chapadinha, logo pela manhã (de hoje) foi a vez do secretário de comunicação William Fernandes, num nível que lembrou o período eleitoral e o estilo Caça ao Comunista, usar seu blog para acusar Dino de haver virado as costas para Chapadinha e agora a tarde foi a própria Belezinha quem subiu o tom contra o governador do estado também na Mirante AM.

Aluizio reclamou de lentidão de serviços do estado como se já tivesse entregue obras por ele prometidas e sequer iniciadas como Centro de Convenções, Rodoviária e Duplicação da Avenida das Mil Casas. William diz que Flávio virou costas porque obras do Hospital, Caema e Centro de Hemodiálise estão paradas e que falta professores na rede estadual, como se a prefeitura não tivesse uma penca convênios paralisados não se sabe exatamente por quê e desde 2013 não tivessem alunos de escolas municipais sem várias disciplinas por falta de educadores, como foi denunciado pelo sindicato dos servidores. Agora Belezinha resolveu enxergar as deficiências antigas da CAEMA, coisa que jamais fez nas décadas em que órgão era gerido por indicados da família Sarney e ameaça cancelar a concessão para entregá-la a uma empreiteira.

Aparte e sem prejuízo para cobranças administrativas das duas esferas de governo e debates interessantes como o da CAEMA que não fugiremos, a investida de Belezinha contra Flávio chama atenção pela agressividade, sincronia, desproporção entre os tempos de governos, poder dele e dela e na comparação da excelente aprovação de um versus a estratosférica rejeição da outra.

Para além da devoção que acaso ainda mantenha com a família Sarney, ao patrocinar e tomar parte nas hostilidades contra Flávio, neste início de governo, Belezinha chuta o pau da barraca da convivência institucional, demarca terreno no campo da desorientada oposição estadual e facilita a vida de seus adversários locais. 

Acredite! Belezinha Torra Meio Milhão Com Borracheiro, Lava Jato Fantasma e Tornearia Mecânica

Camarão: Borracharia sem Lava Jato 

Desta vez Belezinha se superou, segundo o Diário Oficial do Estado ela jura que vai torrar mais de meio milhão de reais com Lavagem de Carro, Borracheiro e Oficina Mecânica em mais uma série de contratos suspeitos. Em diversas publicações no Diário Oficial, do dia 25 de Março de 2015, a prefeitura de Chapadinha contratou os serviços de Lava Jato, Borracheiro e Mecânico por nada menos que R$ 568.643,00 em dez meses.

R$ 184.705,00 Com Borracheiro e Lava Jato
De acordo com as publicações, a prefeita Belezinha contratou o senhor Almir Sampaio de Carvalho Rodrigues para realizar serviços de lavagem de veículos e conserto de pneus dos carros da prefeitura. Ainda segundo o Diário Oficial os contratos se dividem em R$ 112.400,00 para lavagem de veículos e 72.305,00 para conserto de pneus. Veja recortes do DOE no final da matéria.

Ao todo são seis contratos com Almir Sampaio divididos entre as secretarias de administração, saúde e educação e as fontes de recursos para o pagamento são o Fundo de Participação do Município, Fundo Municipal de Saúde e verbas da Educação.

Supostamente assinados no final de fevereiro, a duração de todos os contratos é de 10 meses, encerrando em 31 de dezembro de 2015.

Prédio da Oficina DLH 

R$ 383.938,00 na Oficina Mecânica
Já os gastos com oficina mecânica chegam a R$ 383.938,00, sendo três contratos nos valores de R$ 159.225,00 (administração), R$ 129.785,00 (educação) e R$ 94.928,00 (saúde), todos assinados em 23 de fevereiro e com duração até 31 de dezembro.

Camarão Sem Lava Jato
Não fosse pouco a estranheza do contrato vultoso com uma pessoa física, o blog identificou Almir Sampaio de Carvalho Rodrigues, contratado para lavar carros e consertar pneus, como sendo o senhor Camarão, muito conhecido em Chapadinha como borracheiro. Mesmo sendo contratado para executar serviços de lava jato, as atividades de Camarão se restringem ao ramo da borracharia, como fica claro pela imagem de seu estabelecimento, na BR 222, que não possui qualquer instalação ou equipamento para lavagem de veículos.    

Tornearia e Oficina
O blog localizou a oficina mecânica contratada como sendo a DLH Tornearia que fica na Rua Sebastião Almeida, 271, Centro e teria sido registrada em abril de 2013. Apesar de aberta, não havia movimento na oficina quando nossa reportagem esteve no local.

Tudo a Todo Vapor o Tempo Todo
Sem qualquer razoabilidade, para justificar o orçamento superior a meio milhão de reais, a prefeitura teria que consumir diariamente R$ 615,68 com conserto de pneus e lavagem de carros e R$ 1.279,79 com oficina mecânica, isso sem falhar um dia, seja sábado, domingo ou mesmo sexta-feira da Paixão até o dia 31 de dezembro do ano em curso. 

Prefeitura Sempre Cala

Nossa reportagem foi até a borracharia do senhor Camarão e não encontrou o proprietário ou alguém que quisesse comentar o assunto. O blog entrou em contato com o senhor Aldrin Lira, pai do proprietário da empresa DLH Tornearia, que confirmou ter ganho as licitações das secretarias de Saúde e Educação, mas não soube informar os valores envolvidos e que ainda iria assinar os contratos na próxima segunda-feira. A prefeitura tem adotado a posição de não comentar (nem antes, nem depois) matérias deste blog.  

Camarão: Contratos de Lava Jato e Borracharia    




                                           Contratos Tornearia 



terça-feira, 31 de março de 2015

‘Operação Imperador’ Prende Agiotas e Apreende Bens de Investigados


As investigações sobre a rede de agiotagem no Maranhão resultaram em duas prisões, nove mandados de condução coercitiva e 38 mandados de busca e apreensão no estado. A operação denominada ‘Imperador’ resultou na prisão da ex-prefeita de Dom Pedro, Arlene Barros Costa, acusada de envolvimento na prática de agiotagem e licitações fraudulentas, que culminaram no desvio de mais de R$ 5 milhões dos cofres públicos.

As investigações também revelaram o envolvimento de Alfredo Falcão, filho de Arlene, Rodrigo Manso, sobrinho da ex-gestora, e João Cavalcante Neto, funcionário utilizado como laranja no esquema de corrupção. Os três acusados já receberam mandado de condução coercitiva.

Na casa de Arlene, em São Luís, foram apreendidos quatro veículos e um montante de documentos falsos. Em Codó, vinte carros de luxo da ex-prefeita foram retidos pela polícia. Mais de dez empresas fantasmas criadas por Arlene e a família foram descobertas com registros falsificados. O filho da ex-prefeita, Eduardo DP, conhecido no município por ‘imperador’, está sendo investigado por envolvimento direto em fraudes de procedimentos licitatórios, utilização de documentação falsa (identidade e CPF) e CNPJ’s fantasmas. Ele é considerado o líder da quadrilha na área.

O foco da agiotagem e licitações fraudulentas em Dom Pedro era a distribuição de merenda escolar e medicamentos. O secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, afirmou que as investigações no município continuam e que nos próximos dias novos fatos serão acrescentados ao processo. “Em Dom Pedro aconteceu a primeira etapa de uma investigação contínua sobre corrupção e agiotagem no Maranhão. A morte de Décio Sá foi uma referência para as investigações sobre este crime e vamos dar continuidade ao desbaratamento destes grupos corruptos. Estamos retomando as investigações para finalizar tudo. O trabalho não irá parar”, enfatizou o secretário.

Processo de Investigação
Segundo o secretário Jefferson Portela, o dinheiro público era desviado para o pagamento de agiotas envolvidos nos esquemas fraudulentos. “Encontramos vários cheques de prefeituras que estão sendo investigadas. Neste governo não haverá tolerância com a corrupção e a diretriz do governador Flávio Dino é para que haja uma apuração radical no combate a uso ilegal do dinheiro público. Retomamos as investigações, e a Polícia Civil está preparada para concluir e encaminhar o resultado final ao poder Judiciário”, explicou o secretário.

O delegado-geral da Polícia Civil, Augusto Barros, explicou que está obtendo provas para compor o processo da Prefeitura de Dom Pedro. “Estamos no momento de recolhimento de material coletado a partir de buscas de apreensões, as oitivas dos conduzidos e presos para que possamos fechar o conjunto probatório. É um trabalho interno muito forte e em seguida, vamos fechar este procedimento e dar continuidade as investigações em outros municípios. A rede de agiotas presa à época da morte de Décio Sá revelou muito material, que sendo aproveitado. Vamos transformar em provas para que possa culminar em acusações contundentes”, assinalou o delegado.

Combate à Corrupção
O secretário antecipou que em abril a Secretaria de Segurança Pública inaugura a Superintendência Estadual de Prevenção e Combate a Corrupção, que acompanhará de perto os processos de investigação relacionados ao mau uso do dinheiro público e agiotagem. “A superintendência dará um novo gás às investigações e permitirá o acompanhamento dos passos para compor os processos probatórios”, disse Portela.


Levi Pontes Destaca Reunião da Comissão de Saúde com Odontólogos

O deputado Levi Pontes / Solidariedade ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa nesta terça-feira (31), para registrar que a Comissão de Saúde da Casa recebeu o presidente do Conselho Regional de Odontologia, Marcos Pinheiro, e o presidente do Conselho Federal de Medicina, Seção Maranhão, professor Ataíde.

Acompanhados de três odontólogos especialistas, Marcos Pinheiro e Ataíde vieram à Comissão de Saúde, mostrar as necessidades e as angústias da categoria. Levi disse que a Comissão entendeu ser preciso ouvir os odontólogos, acerca de proposições em tramitação na Assembleia para beneficiar a população. 

De acordo com Levi Pontes, a pedido dos odontólogos, a Assembleia Legislativa, por meio do deputado Stênio Rezende (PRTB), está criando o cargo de coordenador de saúde bucal no Maranhão. Outro projeto obriga os hospitais de urgência e emergência, principalmente as UTI’s, a ter cirurgiões odontológicos.

INFECÇÃO HOSPITALAR
Na ocasião, Levi Pontes revelou que 10% dos casos de infecção hospitalar nos pacientes dentro das UTIs são provocados pela cavidade bucal, dos quais, 40% chegam a óbito. Os odontólogos também querem proibir a venda ilegal de produtos e equipamentos e anestésicos odontológicos em passeios públicos.

O parlamentar revelou, ainda, que a categoria pediu a proporcionalidade de 1/4 de vagas de médico para odontólogos no Instituto de Criminalística (Icrim) e no Instituto Médico Legal (IML).

Também estavam presentes na reunião os deputados Antônio Pereira (DEM), Fábio Braga (PT do B) e Ricardo Rios (PEN).

Agência Assembleia


Imprensa Nacional Destaca Retirada do Nome de Generais de Escolas Maranhenses


Estadão – O golpe militar brasileiro completa hoje 51 anos e, no que depender do governador do Maranhão, Flávio Dino (PC do B), esse momento e aqueles que fizeram parte daquele período serão esquecidos.
Por uma determinação do governador, escolas estaduais que têm seus nomes em homenagens a militares e responsáveis por crimes de tortura durante o regime ditatorial vão obter uma nova nomenclatura.
A Secretaria de Estado da Educação identificou dez escolas em nove municípios maranhenses que possuíam nomes de ex-presidentes do Brasil que governaram o país sob o regime militar. A modificação será publicada no Diário Oficial de hoje.
Na capital, a escola estadual Marechal Castelo Branco passará a ser Unidade Jackson Lago (ex-governador do Estado). Em Imperatriz, o antigo Centro de Ensino Castelo Branco será chamado Centro de Ensino Vinícius de Moraes.
Em Timbiras, a antiga escola que levava o nome do ex-presidente Emílio Garrastazu Médici passará a ser Centro de Ensino Paulo Freire – mesmo nome escolhido pela população de Loreto.
Dino destacou que, a partir do relatório da Comissão Nacional da Verdade, publicado no fim do ano passado, não é “razoável” que prédios públicos continuem a homenagear militares que cometeram violações aos direitos humanos.
“O relatório aponta graves infrações aos direitos humanos cometidos durante esse período e nomeia os responsáveis por esses crimes. O Estado do Maranhão não mais homenageará os responsáveis por crimes contra a humanidade”, disse.
O processo de mudança ocorreu com base no Decreto 30.618, de 2 de janeiro de 2015, que veda a atribuição de nome de pessoa viva a bem público, de qualquer natureza, pertencente ou sob gestão do Estado do Maranhão ou das pessoas jurídicas da administração estadual indireta.
o decreto, a vedação é estendida a nomes de pessoas, ainda que falecidas, que tenham constado no relatório da Comissão da Verdade – de que trata a Lei 12.528, de 18 de novembro de 2011 – como responsáveis por crimes cometidos na a ditadura militar. As informações são do jornal “O Estado de S. Paulo”.


19 de Junho: Flávio Dino Anuncia Eleições para Diretor de Escolas


O governador do Maranhão, Flávio Dino anunciou na manhã desta terça-feira (31), por meio das redes sociais, que as primeiras eleições diretas para diretor de escola no Maranhão ocorrerão no próximo dia 19 de junho. Dino destacou que a consulta será antecipada e sucedida por um curso de capacitação para os gestores das escolas em função da busca pela qualidade.
Buscamos a cidadania ativa para mudar a educação. Com as eleições nas escolas, o governo abre mão de um poder e coloca-o nas mãos da comunidade. Partilhar o poder para exercê-lo melhor”, disse.
A educação tem sido uma das prioridades do governo Flávio Dino. Por meio do Programa Escola Digna, o estado deixará de ter escolas de taipa e de palha. O governo também aumentou o valor das gratificações de professores e gestores escolares.

“Queremos que eles (os diretores)  sejam líderes de um novo momento na educação maranhense”, pontuou o governador.
do Blog Marrapá

A Novela do Raio X do HAPA


Capítulo 1: Acabaram-se os Problemas

Em Março de 2013 Belezinha Já Tinha Solucionado Todos Problemas do Raio X do Hapa: "Na Manhã de ontem, 24, a Prefeita Municipal de Chapadinha e o Secretário de Saúde Charles Bacellar, visitaram o HAPA, para verem de perto como está o funcionamento dos novos aparelhos na realização de exames de Raio X e Ultrassonografia." Blog do Foguinho 25 de março de 2013. 

Capítulo 2: Não Pagou Levou

Eternamente sem funcionar o Raio X é finalmente retirado por falta de pagamento. "Uma equipe de funcionários da empresa Medmax esteve hoje pela manhã no Hospital Antonio Pontes de Aguiar para retirar equipamentos por falta de pagamento de parte da prefeitura de Chapadinha". Blog do Alexandre e Alexandre Cunha, 6 de Fevereiro de 2015.  

Capítulo 3: Nova Mentira, Velha Sucata  

Logo depois outro aparelho é noticiado como novo e ultramoderno. "O novo aparelho de Raio X já está nas instalações do Hospital Antonio Pontes de Aguiar (HAPA). Agora os serviços são de montagem dos equipamentos e a previsão é que a partir da próxima semana tudo esteja funcionando". Blog do William Fernandes, 28 de fevereiro de 2015. 


Capítulo 4: Mentira Tem Perna Curta   

Em 27 de Março se soube que o tal aparelho, não era novo, deu problema e foi substituído. "O aparelho que erroneamente anunciado pela mídia ligada prefeitura como sendo novo, não atende a demanda, e não tinha uma qualidade 100%, não foi aprovado pelos técnicos de radiologia do Hospital, que reivindicaram da secretaria de saúde do município um troca por um aparelho de melhor. No momento em que estávamos registrados a troca do aparelho falamos com o técnico e funcionário Público, Francisco Neto, que nos relatou, “O aparelho que estava anteriormente não era novo, e não foi aprovado pelos técnicos, pois não atendia a demanda. Prontamente e uma exigiram um aparelho de qualidade que atendesse todos os exames solicitados pelos médicos’; relatou Francisco." Blog do Alexandre Cunha, de 27 março. 

Capítulo 5: Agora Vai?    

30 de Março: depois de substituído um novo aparelho é apresentado a membros do conselho como promessa de solução do problema após dois anos de tentativas. "Membros do Conselho Municipal de Saúde constatam que os aparelhos de Raio X e Mamógrafo do HAPA estão em perfeitas condições de operacionalização". Blog do Luis Carlos Jr, 30 de Março. Agora vai?