quarta-feira, 17 de setembro de 2014

Na Suíça: Professor Telmo Representa Maranhão em Conferência Sobre Desertificação

Professor Telmo em Davos, na Suíça

Entre os dias 24 e 28 de agosto de 2014, foi realizada em Davos, na Suíça, a “5ª Conferência Internacional de Desastres e Riscos – IDRC Davos 2014”. Sob o tema “Gestão de Riscos Integrada – O papel da Ciência, Tecnologia e Prática”, o estado do Maranhão se fez representado no evento pela primeira vez, na pessoa do Professor Mestre Telmo José Mendes da Universidade Federal do Maranhão, do Campus de Chapadinha.

Apresentando o pôster “Áreas Susceptíveis a Desertificação no Estado do Maranhão” que é resultado do conhecimento e da pesquisa adquiridos de forma integrada por meio do trabalho de Supervisor de Pagamentos por Serviços Ambientais desenvolvido pelo professor junto a Superintendência de Economia Verde da Secretária de Estado de Meio ambiente e Recursos Naturais.

5° Conferência Internacional de Desastres e Riscos

Professor Telmo José Mendes presente no 5º IDRC 2014

Durante o trabalho como supervisor, ficou sob a responsabilidade do professor terminar e implementar o “Programa de ação Estadual de combate à Desertificação e Mitigação dos Efeitos da Seca do Estado do Maranhão”, sob o projeto de Cooperação Técnica PCT-BRA/IICA/05/004,  que tinha como objetivo contemplar o apoio à criação  e fortalecimento de institucionalidades para o combate à desertificação, pois no Brasil, as áreas de desertificação ocorrem principalmente na região nordeste, o que advém em consequência das questões ambientais relacionadas a ação das secas, e no Maranhão esse problema se agrava devido ao mau uso dos solos. Segundo o pesquisador, durante a realização deste trabalho foram feitos vários estudos climáticos e ambientais em muitos municípios maranhenses, e destes municípios ficou determinado quais as regiões semiáridas, subsumidas secas e entorno do Estado. Este trabalho, já foi apresentado com sucesso na “Convenção das Nações Unidas para o Combate à Desertificação” realizado na Namíbia, na África, há um ano.

A “5ª Conferência Internacional de Desastres e Riscos – IDRC Davos 2014”, organizada pelo GRF Davos, em estreita cooperação com o Escritório das Nações Unidas para a Redução de Riscos de Desastres (UNISDR), com mais de 700 participantes de mais de 80 países, incluindo os participantes, das Nações Unidas e organizações internacionais; de ONGs, do setor privado, da ciência e da mídia, premiou diversos trabalhos ficando o pôster “Áreas Susceptíveis a Desertificação no Estado do Maranhão” em quarto lugar na categoria.

Para o professor Telmo J. Mendes, o maior sucesso do trabalho está na oportunidade de abrir para novos pesquisadores perspectivas sob a área que ainda é pouco estudada no Estado, sendo que é um problema crescente e preocupante.

“O Maranhão é um Estado rico em diversidade e biomas. Uma zona de transição entre os dois mais importantes biomas brasileiros, a floresta amazônica e o cerrado. Por causa disso, entender os efeitos das mudanças climáticas nesta região é fundamental para a preservação ambiental e mitigação dos efeitos da desertificação que se expande no território nacional. Não seria agradável ver áreas do Maranhão se tornar deserto”, disse o professor com contundente propriedade.

Ações deste tipo e a troca de informações, através de experiências nacionais e internacionais, segundo o professor, não seriam possíveis sem a ajuda do Ministério de Meio Ambiente, através da Secretaria de Extrativismo e Desenvolvimento Rural Sustentável – SEDR, pelo Departamento de Combate à Desertificação, na pessoa se seu diretor e atual Presidente da Comissão Nacional de Combate a Desertificação, o Senhor Francisco Campello e também da ASA-MA, através de seu Coordenador Executivo diretor regional, Juvenal Neres de Sousa.

ASSCOM/ASA-MA

Mais Pula-Pula: Prefeito e Deputado Deixam Oligarquia e Declaram Apoio a Flávio Dino

Prefeito Dr. Francisco de Gov. Luiz Rocha 

O deputado estadual Hélio Soares (PMDB) anunciará apoio, hoje à noite, ao candidato da Coligação Todos pelo Maranhão, Flávio Dino. O parlamentar, que deixou a campanha de Edinho Lobão, dentro de instantes sairá de São Luís e pegará um avião com destino ao município de Maracaçumé, onde participará de comício ao lado de Dino.

Deputado de quatro mandatos, Hélio Soares é um político de votação expressiva, com forte penetração no interior e favorito a conquistar o quinto mandato, segundo os prognósticos de analistas.

Deputado Hélio Soares

Quem também já está com Flávio Dino é o prefeito de Governador Luiz Rocha, Dr. Francisco (PRB). Após um evento de apoio evangélico à candidatura de Flávio Dino realizado ontem (16) na capital, o prefeito Dr. Francisco aproveitou para também unir esforços em nome da campanha de governador do líder das pesquisas. Com 56% das intenções de voto, as pesquisas apontam vitória de Flávio Dino ainda em primeiro turno.

Outro que deve declarar em breve apoio a Flávio Dino é o vereador de São Luís, Marquinhos, que tem forte liderança popular. Flávio já conta com o apoio de 19 vereadores da capital.

Outros deputados, prefeitos e vereadores devem anunciar apoio a Flávio nos próximos dias. Uma grande caminhada de Dino deve acontecer no domingo em São Luís.

Com Informações do John Cutrim 

Globo News Flagra Caos e Tentativa de Fuga em Pedrinhas


Depois da fuga em massa na madrugada de hoje (os números veriam entre 13 e 20 detendo foragidos), o caos na Penitenciária de Pedrinhas foi mostrado ao vivo pelo Globo News.

No instante em que o repórter falava da fuga e da greve de guardas terceirizados vários presos tentaram sair pulando o muro da frente, mas foram contidos por PMs e Agentes Penitenciários.

Neste momento a Força Nacional está na unidade, há informações de conflito e o clima é de insegurança em todo Maranhão.    

Levi Pontes Inaugura Comitê em Barreirinhas e Recebe Apoio em Colinas


A caminhada de Levi Pontes rumo a Assembleia Legislativa não para e a cada dia ganha mais adesões em todo o Maranhão. Nos últimos dias Levi esteve em Barreirinhas inaugurando comitê e participando de reuniões na Zona Rural do município, em Colinas recebeu apoio de importante liderança.

Ao lado da candidata a deputada federal Professora Leonildes Levi Pontes inaugurou um comitê em Barreirinhas. Se dirigindo ao povo presente Levi destacou a importância das eleições para a melhoria de vida da população. “Hoje estamos aqui para inaugura nosso comitê e principalmente para falar da importância deste momento para todos os brasileiros. Entendo que esta eleição é importante para nossas vidas por só com o nosso voto podemos melhorar as coisas escolhendo os melhores candidatos para nos representar”, disse Levi.

Levi também chamou atenção para a liderança da Professora Leonilde. "Leonilde é uma sindicalista atuante que ousou sair candidata defendendo o projeto de mudança e por isso ela merece o voto de cada um dos senhores como uma liderança para o futuro de Barreirinhas" completou Dr. Levi.

Levi Pontes em Baixinha Zona Rural de Barreirinhas
Levi Pontes Defende Agricultura Familiar
Ainda em Barreirinhas Levi foi à Zona Rural e visitou a localidade Baixinha em companhia da candidata Leonildes e de lideranças como Caiano, José Augusto, Dr. Ronald e Irmão Julio.   Em sua fala Levi lamentou o abandono do trabalhador rural e defendeu a agricultura familiar: “vou defender o programa de governo de Flávio Dino que prevê a criação de uma secretaria exclusivamente voltada para a agricultura familiar. Temos obrigação de fazer isso porque até os bancos do Maranhão que poderiam financiar a produção a família Sarney vendeu e fechou os órgãos de assistência técnica. Mas para que possamos lutar pelo trabalhador rural e pela agricultura precisamos, eu e Flávio Dino, receber o voto de cada um dos senhores”, finalizou Levi.

Ex-vereador Biné (PDT) e Sua Esposa Ana Declaram Apoio a Levi Pontes
Apoio em Colinas
Em Colinas onde foi para participar de comício ao lado de Flávio Dino, Levi Pontes acabou recebendo apoio do ex-vereador Biné e de sua esposa Ana Moreira (Ana do Biné) que é suplente de vereadora atualmente. Por conta do apoio Levi deve retornar ao município para participar de eventos políticos juntamente com o casal. 

Da Assessoria

terça-feira, 16 de setembro de 2014

Vamos Lutar Sem Medo Rumo à Vitória da Mudança


Expectativa de derrame de dinheiro para compra de voto, pressão e chantagem em cima de prefeitos, pesquisas fraudadas e até ameaça a blogueiros e jornalistas compõem o arsenal da oligarquia para tentar forçar um segundo turno no Maranhão. Lembrando que já usaram até morte de defunto vivo (caso Reis Pacheco) nada se pode estranhar de um grupo viciado no poder diante de iminente derrota.

Do mais simples eleitor, passando por comunicadores, formadores de opinião e lideranças de oposição, incluindo o próprio Flávio Dino, ninguém tem o direito de achar que já ganhou e de espera a desistência do grupo Sarney em função da extrema falta de conteúdo de seu candidato e da tendência de mudança vivida pelo nosso povo.

Longe disso, é preciso combater as armadilhas com astúcia, legalidade, fiscalização e luta. O resto é se deixar confundir e entrar no jogo deles. 

Vamos lutar sem medo rumo à vitória em 5 de outubro. 

Procissão Tem Público Record em Chapadinha

Do Blog do Foguinho 

O festejo de Nossa Senhora das Dores em Chapadinha, foi um verdadeiro sucesso neste ano de 2014, que bateu o recorde de público.

A procissão foi um verdadeiro ato de fé que atraiu aproximadamente 60 mil fiéis nas ruas de Chapadinha.

Padre Neves disse ao blog do Foguinho que este ano o público foi maior que a procissão de 2013, e isso é motivo de alegria e festa para Nossa Senhora e para a Igreja Católica. Esta foi a maior procissão de todos os tempos em Chapadinha e a previsão é de aumentar ainda mais, disse Padre Neves ao blog.

Durante as missas e novenas foi obrigado a colocar telões ao redor da Igreja para que os fiéis pudessem assistir as homenagens a nossa padroeira.

Veja mais fotos que mostram a fé e adoração no último de dia de festejo em Chapadinha.

 


 

 

segunda-feira, 15 de setembro de 2014

O Futuro de Roseana


A edição de hoje (15)  do Jornal O Globo,  traz matéria informando que o Superior Tribunal de Justiça – STJ, deve decidir nos próximos dias se abre inquérito contra a governadora Roseana Sarney e a cúpula  do governo do Maranhão, acusados de receber propina de R$ 6 milhões para a liberação de  precatórios de R$ 120 milhões para as construtoras UTC e Constran.

Desde que as acusações contra Roseana se agravaram, ela insiste em uma espécie de itinerância sub-oficial pelo interior do Estado. Em tom de despedida, Roseana repete por onde passa que que fez um bom governo e que continuará ao lado dos maranhenses, ainda que  sem mandato a partir de 2015.

Aparentando não ter se conformado com a inevitabilidade do fim de seu governo, Roseana já não pede mais votos para Edinho, tenta apenas justificar-se. Em Icatu, a governadora teve que ouvir um rosário de reclamações de uma moradora cansada de promessas. Alternando o silêncio resignado e justificativas pronunciadas em um tom de voz pouco usual, Roseana parecia cansada.

A volta da crise interminável na penitenciária de Pedrinhas, com fugas de dezenas de presos, assassinatos e prisão do diretor da casa de detenção do presídio, mostram que o governo não tem capacidade de reação e pior: evidenciam que a governadora Roseana, na verdade, empurrou o Estado para um abismo que levou junto a carreira da própria  governante.

Acuada pela Polícia Federal, abatida pela impossibilidade de lançar um candidato ao governo que fosse competitivo e enfrentando crises que vem de todos os lados, é provável que a esta altura, Roseana prefira vislumbrar sobre seu futuro, mas o futuro também não lhe parece  acolhedor.

Se o STJ decidir abrir processo contra a ainda governadora, isso significa que Roseana responderá pelas acusações sem a proteção do foro privilegiado. Em um país que passa por profundas transformações no comportamento da Justiça em relação a crimes de colarinho branco, isso significa que num futuro não tão distante, a guerreira poderá ir para as grades.

Aos amigos, Roseana confidenciou que pretende morar em Miami com a família e o marido, mas se tiver que responder por crimes contra os cofres públicos, em vez de residência, Miami poderá ser o destino da fuga.

Em 2010, quando “venceu perdendo” a eleição para o quarto mandato, Roseana justificava-se ao povo já cansado de sua presença no Palácio, repetindo que iria fazer o melhor governo de sua vida. Os anos mostraram que foi o pior e mais deprimente governo que já passou na história do Maranhão contemporâneo. E Roseana sairá de cena sozinha, acuada e com a certeza  dos maranhenses de que já vai tarde.


Como diria Lima Barreto, triste fim.

Por Lígia Teixeira