sexta-feira, 3 de julho de 2020

Belezinha x Higor: Primeiro Fogo no Quintal da Oposição

Higor e Dona Raimunda Maria, Imagem Espalhada
por partidários de Belezinha

O incomodo do grupo Belezinha com a candidatura de Higor Almeida tem esquentado as redes sociais e apimentado o ambiente político. A disputa é pra saber quem se apresenta como melhor nome pra enfrentar Magno Bacelar e quem representa o “novo” na política.

Enquanto a turma do Higor o apresenta como o “novo” e argumenta que Belezinha já teve sua oportunidade e acabou sendo derrotada por não ter feito um bom governo, partidários da ex-prefeita alfinetam Higor por sua relação com a família do ex-prefeito Isaías.

“O candidato que se intitula como o novo, desde jovem foi "adotado politicamente" pela família do ex-prefeito Isaías, onde aprendeu tudo o que sabe, até as mesmos as mazelas, as quais sabemos que são muitas”, diz um texto espalhado contra Higor por dirigente partidário ligado a Belezinha.

O texto segue lembrando que Higor, “em 2008 foi candidato a vereador "bucha"” para beneficiar Marcelo Menezes, “que 2010 foi ativista jovem da campanha” de Isamara a deputada estadual, em 2012 apoiou Belezinha e foi indicado secretário de cultura por Isamara, mas não chegou a assumir e que teria sido coordenador da campanha de Paulo Neto em 2014 a pedido de Isaías.

Demonstrando desconforto com as lembranças, a galera do Higor respondeu elencando mazelas do governo Belezinha como denúncias de corrupção, perseguições e a traição a Isaías.

Marcelo Menezes demonstrou que, apesar de estarem hoje em campos opostos, a amizade da família se mantém e manifestou-se em defesa de Higor, reafirmou respeitar o professor e atacou Belezinha em banner (abaixo) que divulgou em redes sociais.

Este primeiro embate interessa a Higor que, rivalizando com Belezinha, se distancia dos demais pré-candidatos e começa a ganhar espaço na mídia junto com os grandes.



quinta-feira, 2 de julho de 2020

Belezinha & Levi: Dificuldades no “Pré” e Certeza de Racha no “Pós”




Como um acordo pré-nupcial Belezinha foi definida como pré-candidata a prefeita e Levi Pontes pré-candidato a vice na chapa que por enquanto disputaria a eleição de novembro. Apesar da importância eleitoral, o pacto para o futuro anda longe significar vitória antecipada, dando sinais em sentido contrário e tem uma série de termos ocultos com potencial para gerar problemas na campanha e chance zero de ser cumprido em caso de vitória.

Ao abafar a soberba que demonstrou em 2016, quando esnobou o então deputado Levi no auge de sua força com o governo do estado, Belezinha agora engole Flávio Dino, Levi Pontes e outros desafetos comunistas, numa clara demonstração que prevê uma parada duríssima pela frente.

Ainda que se possa desconfiar da humildade pré-eleitoral de Belezinha, conter a arrogância é sempre um bom sinal e a união pretendida é gesto mais positivo que negativo. O problema são as condições do acordo que podem trazer dificuldades antes da eleição e redundar em racha no caso de vitória.

No teor do acordo teria dois pontos complicados: o compromisso da substituição de Belezinha por Levi na cabeça da chapa, caso o TSE confirme a condenação da ex-prefeita e o compromisso de que, mantidas as condições atuais, Levi teria um gabinete ao lado de Belezinha que lhe garantiria participação em todas as decisões e ampla fiscalização da gestão.

Se cumprir o acordo da substituição no comando da chapa antes da eleição é difícil crer, imagine se uma personalidade com apelido de Funil ia se deixar controlar ou fiscalizar pelo vice, ainda que bem intencionado.      

quarta-feira, 24 de junho de 2020

Oposição: A Ingenuidade de Salto Alto



Além do salto alto e do já ganhou de sempre, duas coisas extremamente ingênuas nas últimas análises da mídia ligada a ex-prefeita Belezinha, uma mais clara: avaliar que o decolar de uma terceira candidatura prejudique o grupo governista, outra nas entrelinhas: supor que legitima movimentação seja fator de intriga entre gente experiente na política.

Uma terceira candidatura teria seu nascedouro entre os que não concordam com a atual gestão e seu terreno pra crescer não seria outro senão o campo oposicionista. A dinâmica de uma campanha política é difícil de prever, mas com essa distância da disputa achar que o crescimento de uma nova candidatura oposicionista, ao invés de dividir votos entre eles, enfraquece o governo é remar contra qualquer lógica.

Mais infantil é ver o grupo do deputado Paulo Neto – que não consegue esconder a ânsia na prefeitura de Chapadinha e espera o resultado do julgamento de Belezinha no TSE batendo tambor pelo revés da ex-prefeita – querendo semear discórdia com notícia de que o vice-prefeito Talvane anda fazendo o que sempre fez: política.

Políticos experientes como Magno Bacelar e Talvane Hortegal fazem é rir da análise plantada que só mostra que o grupo governista tem neles dois fortes candidatos pra qualquer eventualidade ou posição na chapa. 

terça-feira, 16 de junho de 2020

Saúde de Chapadinha Alerta Sobre Manutenção de Medidas Sanitárias e Corrige Informações de Blog Piauiense



A respeito de matéria de site noticioso piauiense, o Comitê Municipal de Prevenção e Combate ao Covid-19 de Chapadinha e a Prefeitura Municipal de Chapadinha, vêm a público reafirmar necessidade de manter medidas sanitárias, isolamento social e corrigir informações equivocadas.

1 – Apesar de usar alguns dados oficiais, a matéria se equivoca quando sugere vitória contra a pandemia e quando fala em distribuição em massa de determinado medicamento;

2 – A taxa de ocupação da UPA, após aumento da oferta de leitos e pontual diminuição de procura por internações, se mantém em níveis aceitáveis de 23% da capacidade. Contudo, a mesma unidade esteve lotada na semana anterior e nenhum dado técnico nos autoriza a descartar futuro crescimento na procura por leitos. Ao contrário, ainda temos crescimento na contaminação e todos os demais indicadores nos obrigam a manter o alerta sanitário;

3 – O sistema municipal de saúde não faz distribuição em massa deste ou daquele medicamento. Temos realizado o maior número possível de testagens e dado ênfase ao tratamento precoce dos pacientes confirmados positivos. Nas UBS e demais estratégias da atenção básica, os variados medicamentos à disposição são individualmente prescritos por médicos, entregues mediante receita e sem qualquer padronização pré-estabelecida;

4 – Considerando a informação correta como necessidade vital no enfrentamento da pandemia, o Comitê Municipal de Prevenção e Combate ao Covid-19 de Chapadinha coloca-se, mais uma vez, à disposição dos veículos de comunicação e dos profissionais da imprensa.    

segunda-feira, 15 de junho de 2020

Raio-X Covid-19 em Chapadinha: Faixas Etárias, Óbitos, Volume de Testes e Taxa de Letalidade




Um apanhado de dados divulgados nesta segunda-feira 15/06 pela Vigilância Epidemiológica detalha os casos de covid-19 por faixa de idade, mostra o quantitativo de testes realizados até aqui, acrescente informações sobre os óbitos e compara a taxa letalidade de Chapadinha com os índices do Maranhão e do Brasil.

Faixa Etária
A faixa etária que teve mais casos de convid-19 confirmados em Chapadinha é a de 30 a 39 anos com 407 dos 1.601 registrados até 12 de junho. Houve 281 diagnósticos na faixa de 20 a 29 anos e 276 entre pessoas de 40 a 49 anos de idade. 28 casos entre 0 e 9 anos e 92 registros foram verificados no mesmo período. 205 pessoas 50 a 59 anos, 139 casos entre 60 e 69 anos e 131 na faixa dos 70 ou mais. O relatório traz 42 pessoas diagnosticadas que o sistema não conseguiu estabelecer a idade.

2.484 Testes  
De acordo com o relatório, até 12 de junho, Chapadinha já realizou 2.484 testes de Covid-19, 129 exames feitos por laboratórios ou hospitais particulares e 2.355 realizados pela Secretaria Municipal de Saúde/Prefeitura de Chapadinha. Enquanto a iniciativa privada realizou 5,2% dos exames, a rede pública respondeu por 94,8% dos testes realizados em Chapadinha.

Faixa Etária dos Óbitos
A faixa de 70 anos ou mais lidera as estatísticas do números de óbitos com 18 dos 27 casos de mortes registradas. Entre 60 e 69 anos de idade foram 6 óbitos, 2 duas pessoas entre 50 e 59 e 1 morte entre 40 e 49 anos completam o quadro.

Comorbidades Relacionadas
Lembrando que um óbito pode ter mais de uma comorbidade relacionada a hipertensão arterial foi verificada em 19 pessoas que morreram vítimas de covid-19, 8 apresentavam diabetes mellitus, 4 tinham algum tipo de cardiopatia, duas pessoas tinham sequelas de acidente vascular cerebral e uma pessoa tinha obesidade. Três pessoas morreram mesmo sem apresentar qualquer comorbidade.

Taxa de Letalidade
Com relação ao percentual de mortes quando comparado com o número de diagnóstico totais positivos Chapadinha tá muito abaixo dos números nacionais e estaduais. Enquanto o Brasil tem 828.810 casos com 41.828 mortes com taxa de letalidade de 5,04, o Maranhão apresenta 57.605 diagnósticos com 1.399 mortes e taxa letal de 2,43, Chapadinha tem 1.601 registros totais, 27 óbitos e taxa de letalidade de 1,68%.

Alerta
Apesar dos números abaixo da realidade nacional e estadual, o Comitê Municipal de Prevenção e Combate ao Covid-19 de Chapadinha reafirma a necessidade das medidas de prevenção para a situação não piore e que as perdas humana sejam contidas ao máximo possível. 

sexta-feira, 12 de junho de 2020

Vereador Marcelo Menezes pede Afastamento da Presidente Vera


O vereador Marcelo Menezes/Cidadania protocolou na manhã de hoje um requerimento pelo afastamento imediato da vereadora Vera Lúcia da presidência do parlamento municipal.

Marcelo alega que a gestão da presidente Vera vem causando transtornos à imagem da Câmara Municipal e citou a recente operação da polícia civil como motivo de constrangimento para os vereadores. (imagem ao lado)

O vereador defende o afastamento da presidente Vera Lúcia para que a própria Câmara possa apurar as denúncia e esclarecer os fatos à sociedade.

Regimento
De acordo com fonte jurídica ouvida pelo blog, regimentalmente requerimento não teria força para retirar a presidente e que o instrumento adequado seria uma representação para afastar temporariamente enquanto uma comissão produziria um relatório, que se aprovado destituiria a presidente de forma definitiva. O quórum para o afastamento provisório é de maioria simples (8 vereadores) e pela destituição é de dois terços do parlamento (10 votos).

Votos
Segundo vereadores ouvidos pelo Blog, já há consenso quanto a necessidade do afastamento da presidente e a tendência de momento é de que isso aconteça por unanimidade.

Outro lado
O Blog entrou em contato com a assessoria da Câmara Municipal, mas até o momento não teve resposta.  

quinta-feira, 11 de junho de 2020

Prefeitura de Chapadinha Inicia Ampliação de Leitos Garantindo Mais 4 Vagas na Upa



Iniciando um programa de ampliação contínuo da capacidade da UPA para o atendimento exclusivo de casos de Covid-19, a Prefeitura Municipal de Chapadinha, por meio da Secretaria de Saúde, colocou em operação mais quatro leitos no início da manhã desta quinta-feira, 11/06.

Com ampliação iniciada nesta quinta-feira a ocupação que ontem estava em 94,1% caiu para 52,38% hoje, segundo informação do Boletim Epidemiológico.

De acordo com o secretário de saúde Eli Monteiro a ampliação vai continuar e novas vagas serão abertas nos próximos. “Por determinação do prefeito Dr. Magno Bacelar já estamos adquirindo equipamentos para abrirmos mais vagas exclusivas para o tratamento da covid-19 nos próximos dias”, declarou o secretário.

O prefeito Magno Bacelar fez questão de reafirmar compromisso total com o enfrentamento da covid-19. “Como eu disse desde o início, nós não vamos medir esforços no combate a essa doença perigosa e extremamente contagiosa. A luta é árdua mas com o brilhante trabalho dos profissionais, empenho de nossa gestão e ajuda do povo vamos vencer a pandemia” finalizou o prefeito Magno Bacelar.


Secom - Chapadinha

Operação na Câmara: Repercussão, Contradições e Atualizações



Depois do impacto no meio político de Chapadinha e repercussão que alcançou a mídia estadual, a operação “Arroba” que atingiu Câmara Municipal teve atualização de informações nas primeiras horas da manhã de hoje.

Contrato de Internet
Segundo apuração do blog foi uma denúncia de vereadores que apoiaram a reeleição da presidente Vera, depois romperam e a acusavam de ter burlado processo licitatório para favorecer de sinal de internet.

De acordo com a denúncia, a Câmara Municipal teria contratado serviços de duas empresas - M A DOS REIS EIRELE e R G DE SOUSA EIRELE - sem licitação, sob a alegação de que os baixos valores dos contratos dispensariam o processo.

Arma Apreendida
Ainda conforme apurou o blog, a arma de fogo foi apreendida em escritório de um empresário e não no prédio da Câmara como chegou a ser especulado. A arma seria legalizada e o empresário ficou de demonstrar a regularidade da posse.

Câmara se Pronuncia 
A presidência da Câmara divulgou nota considerando a operação desnecessárias e minimizando a denúncia como fruto de questões políticas de vereadores de oposição. “A referida investigação conforme narrado acima entendemos como desnecessária, uma vez que o próprio Ministério Público através de oficio buscou este Poder para buscar informações, sendo inclusive disponibilizado acesso integral ao processo licitatório objeto da presente investigação (...). Cumpre ainda esclarecer, que entendemos que tal denuncia por parte dos Vereadores da oposição tem cunho político e tem intuito único e exclusivo para atacar politicamente a Presidente da Câmara Municipal”, diz a nota da Câmara.

Outra Busca e Apreensão
O lado contraditório do episódio foi a comemoração de eleitores e vereadores de Belezinha pela operação contra Vera ao ponto de esquecerem que a ex-prefeita também foi alvo de batida policial em setembro de 2017. A SECCOR (Superintendência Especial de Combate a Corrupção) da Polícia Civil fizeram busca a apreensão na Junior Construções e uma loja de informática de propriedade do ex-secretário Aluízio Santos, nos dias 17 e 28 de setembro de 2017.

A Justiça com a Palavra
Tanto no caso atual da presidente Vera como o da ex-prefeita Belezinha, o povo pode formar sua opinião e fazer julgamento político de votar ou não em uma ou outra desde já. Mas para condenação penal e definitiva a justiça ainda tem a palavra final.  

Matéria de O Imparcial em 2017


domingo, 7 de junho de 2020

Prefeito Magno Bacelar Anuncia Conquista do SAMU 192 para Chapadinha



O prefeito Magno Bacelar usou as redes sociais, na manhã deste domingo, 07/06, para anunciar a aquisição de duas ambulâncias e o início do processo que vai garantir o funcionamento do SAMU 192 em Chapadinha.

“Com imensa alegria compartilho com o povo mais um importante avanço para a saúde de Chapadinha. Conquistamos duas ambulâncias e estamos viabilizando as condições necessárias para a instalação do SAMU 192 em nosso município”, disse o prefeito Magno Bacelar.

O prefeito ainda sinalizou que a Base de Operações do Samu será anexa ao Centro de Saúde Benu Mendes. “Estarei em nosso gabinete amanhã assinando documentos para habilitar o município e já determinei providências para a construção da Base de Operações do Samu que ficará nos fundos do Centro de Saúde Benu Mendes. Agradeço a todos que ajudaram nesta luta e louvo a Deus por mais esta conquista”, finalizou, agradecendo.

Com o funcionamento do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU 192) Chapadinha passa a contar com suporte de resgate a vítimas de acidentes ou outras situações de urgência ou emergência com equipe preparada para prestar os primeiros socorros e estabilizar o paciente até sua entrada em unidade hospitalar.

sábado, 6 de junho de 2020

A Pandemia, o Medo e meu Patético Apelo



Tinha sonhos, projetos futuros, viveu e queria continuar vivendo... Morreu, teve um enterro célere e frio. À família, negado direito humano de se despedir, ficou algo muito além da saudade, uma dor que atravessa e violenta qualquer sentimento explicável. Lojas fechadas, negócios perdidos, ganha-pão em risco, desemprego e necessidades para tantos como ameaças no horizonte, para muitos realidade já.

Pela ação implacável da biologia, o maldito coronavírus nos fustiga, nos mata, nos obriga ao luto e nos impõe a fome.

Nesta quadra de desamparo crescente estamos divididos entre os que ignoram o drama geral olhando de cara pra ele e nós que parecemos cansados, impotentes, desiludidos e rendidos pra morte.        

O cenário beneficia a desistência de governantes até aqui resilientes e favorece aos insensíveis que buscam ganhos enquanto oferecem as próprias famílias à roleta russa da agressividade da doença e à loteria macabra da falta de leitos e respiradores.

Em todo canto do Brasil e Chapadinha no meio o que se ver é pressão por abertura de comércio e tentativa duvidosa de retomada de normalidade no momento em que os números da tragédia só crescem.  

O que vem por ai gera medo e me obriga a simploriamente clamar para que as autoridades se mantenham a favor da vida e a pateticamente implorar a todos mais cuidado com suas próprias vidas.              

quarta-feira, 13 de maio de 2020

Belezinha diz que segue orientações da OMS e reclama de montagem em Direito de resposta




A ex-prefeita Ducilene Belezinha pediu direito de resposta reclamando da montagem, falando que segue orientações da OMS/ autoridades sanitárias e que não poderia agir de forma diferente. Abaixo a íntegra do texto enviado via whatsapp. Depois volto comentando.

“Senhor editor do Blog do Alexandre Pinheiro.

Esta é para apresentar direito de resposta e retificação de informações.

Inicialmente seria condizente com a ética jornalística que Vossa Senhoria esclarecesse que a imagem minha, com uma máscara, que aparece nas postagem é uma montagem, ou seja, que essa imagem não é real.

Também necessário seria esclarecer que dita foi produzida pelo próprio blog ou a seu mando.

Quanto ao conteúdo da postagem, esclareço que, como cidadã e pessoa pública, estou a cumprir com as determinações das autoridades sanitárias municipais, estaduais, nacionais e da OMS, que é o recomendado isolamento social.

Como cidadã e pessoa pública não poderia agir diferente e, ao inverso do que supõe a postagem, não poderia a apresentar opiniões acerca da pandemia quando o correto é, responsavelmente, seguir as orientações das autoridades sanitárias.

Esperamos que esta resposta seja publicada no mesmo espaço.
E ainda, que tal matéria seja removida de todos os meios em que foram publicadas 
(blogs, facebook, Internet, etc.)

Atenciosamente,
Maria Ducilene Pontes Cordeiro – Belezinha”

Comento:
A imagem de Belezinha usando máscara de seu partido é montagem tão evidente quanto a minha que por obra de aliados dela circulou na internet. Faço o registro de ambas as montagens, uma ao lado da outra, em homenagem ao bom humor e espírito esportivo que as pessoas públicas devam ter com as críticas.

Belezinha faz bem e é direito seu se precaver, seguir as recomendações corretas e preferir não opinar sobre o tema mais importante do século. Mas o próprio direito de resposta serve para demonstrar que manifestar-se não expõe ninguém a risco biológico.

Já com relação ao fechamento de dois Hospitais (HCC e São Francisco) nos primeiros dias de sua gestão ela não negou, nem justificou, fez quarentena de palavras.       


terça-feira, 12 de maio de 2020

Belezinha e Seu Confinamento Oportunista



No momento em que a sombra mais pesada paira sobre nós, a política miúda não entrou em quarentena e anda – do Alvorada ao mais acanhado paço municipal – disseminando a desunião e a desinformação que o vírus precisa pra avançar.

Em Chapadinha já tivemos quase de tudo em se tratando de briga política e o leitor que acompanha as redes sociais sabe bem do que falo. Só que nem todo mundo tá se expondo, há quem fique em isolamento total enquanto seus funcionários se arriscam no ambiente insalubre da politicagem.

O maior exemplo de quem se isola porque tem quem se exponha por ela é o da ex-prefeita Belezinha. Desaparecida, calada, reclusa... segue a empresária cuidando da saúde de seus “CNPJotas” e tentando manter carreira política a base do mais profundo silêncio já mencionado em Chapadinha.

Nenhuma opinião sobre a crise mundial, nenhuma proposta de enfrentamento, zero manifestação sobre fechar ou abrir comércio e nada além da ausência fingida.

A primeira aposta é na vantagem dos que nada falam, com coisa alguma se comprometem. A segunda, e mais implacável lógica, é a recordação recente e desconcertante de quem fechou dois hospitais (HCC e São Francisco) na primeira semana como prefeita e deixou a UPA financiada com recursos federais fechada por mais de ano como histórico que a obriga permanecer muda.

Mas contra o confinamento oportunista tem a vacina da memória e a inteligência do povo que na hora certa vai dizer: oi Belezinha, cai fora sumida!

quinta-feira, 16 de abril de 2020

A Política do Jabuti Aranha e a Fábula dos Bichos Escrotos

Em dezembro a ex-prefeita Belezinha foi procurada por um ex-vereador e um cidadão que já teve atuação na política tempos atrás, uma figura carimbada que até então estava morando fora. Ao ser informada da visita e ter conhecimento dos nomes Belezinha teria dado o jeito não muito delicado de despachar a dupla.

Perguntada quanto ao motivo da recusa em recebê-los Belezinha tinha usados termos duros ao se referir a um dos visitantes. A repulsa da ex-prefeita foi tanta que causou constrangimento ao ex-vereador que não era o alvo e não tinha culpa da má fama do acompanhante.

Ao mesmo tempo que soube que a própria Belezinha teria explicado a situação ao vereador e se desculpado, a peça indesejada voltou de onde tinha vindo, sumiu do radar...

O leitor deve tá se perguntando porque estou tocando numa história de bastidores de meses passados e, convenhamos, sem muita importância no jogo político atual.

É, de fato era um evento desimportante por demais, tanto que nada comentei na época. Só que hoje fiquei sabendo que esse senhor considerado tóxico demais pra conversar com Belezinha e de fato altamente duvidoso em vários sentidos, tá de volta ao jogo por nomeação de secretário municipal do atual governo.

Caso típico de aranha disfarçada de jabuti que, por enchente ou mão de gente, arruma espaço na política que mais parece fábula de bichos escrotos.      


quinta-feira, 26 de março de 2020

Coronavírus: Saúde de Chapadinha Monitora 71 Pessoas



Além dos 5 casos considerados suspeitos de contágio pelo coronavírus, a Vigilância Epidemiológica de Chapadinha monitora outras 71 pessoas na área do município.

De acordo com nota da página da prefeitura no Facebook, são 34 moradores de Chapadinha que tiveram contado com algum dos 5 suspeitos e 37 pessoas que chegaram de outros estados ou do exterior.     

Segundo o informe da prefeitura nenhum dos 71 monitorados desenvolveu a doença ou apresenta sintomas até o momento.

sexta-feira, 13 de março de 2020

A Quem Interessa tirar Danúbia do Jogo?



Nenhuma personagem da política de nossa cidade foi mais combatida e injuriada que a ex-prefeita Danúbia Carneiro e disso toda a Chapadinha sabe, mas o que poucos perceberam é que ela sofreu o golpe mais duro de toda a sua trajetória (pasmem!) por ação de pessoas de dentro de seu grupo político.

Uma sucessão de intrigas bem produzidas acabaram gerando o afastamento de Danúbia do jogo político. Sem entrar em minúcias para não ultrapassar limites familiares em torno da relação entre ela e Magno e para evitar detalhes que favoreceriam adversários, a pergunta que não quer calar é: a quem interessa Danúbia fora do jogo político de 2020?



Quando Danúbia era prefeita, justamente no início de seu governo, em abril de 2009, houve orquestração para atritá-la com o então ex-prefeito Magno e ela – no momento mais crítico – não só repeliu qualquer esboço neste sentido, como manteve-se fiel até o fim. Agora que a situação se inverte, Danúbia merece que alguém lhe faça justiça e  registre sua importância como de um grito de alerta em favor da unidade do grupo.
   
Naquele 2009 tratei Danúbia e Magno como aqueles irmãos que nascem grudados e sem chance de separação, como símbolo de que o desligamento deles seria a morte política de ambos (clique aqui pra ler o texto da época), com base na mesmíssima lógica - ainda que correndo risco de virar alvo das forças ocultas internas - ouso cravar aqui: tirar Danúbia do jogo foi obra de quem vem tentando manipular o governo e apenas finge ser amigo do Dr. Magno.

domingo, 8 de março de 2020

Mônica Pontes e o Triunfo da Humildade



Há pouco mais de três anos, fiz uma aposta intuitiva e parece que acertei. Recém nomeada sem graduação na área médica, sem outras experiências ou apadrinhamento de grupos políticos e de família humilde, a secretária Mônica Pontes foi muito atacada por dentro e por fora do governo foi quando disse: “A Saúde Pública tem problemas complexos no Brasil inteiro, há decisões equivocadas, a autonomia é limitada e muitas mazelas ainda aparecerão por aqui, mas a forma como a secretária Mônica tem encarado o desafio nos dá esperança na mesma medida em que derruba preconceitos e exalta o esforço dos humildes”, escrevi, em julho de 2017.  

Agora, prestes a entregar a pasta para disputar cargo eletivo, Mônica é de longe a secretária melhor avaliada do governo Magno e sua receita foi exatamente a simplicidade. Sem negar os problemas ou colocar culpa em terceiros, bem articulada com o prefeito Magno, Mônica ampliou a rede e melhorou os serviços ao ponto de transformar o “Calcanhar de Aquiles” do passado em vitrine da gestão.

Se o poder do cargo transitório subia à cabeça de alguns, Mônica mais reforçava a humildade: nunca criou ou tomou parte em intrigas ou conspirações internas, jamais tentou emparedar o prefeito pra ficar no cargo e (na parte que mais me toca) de forma alguma buscou a mídia e a comunicação oficial justificar fracassos, para ocultar mazelas ou para se promover pessoalmente.

Enquanto o padrão medíocre procura mostrar serviço apenas para o prefeito como sustentação de cargo, há quem trabalhe pela melhoria dos serviços para o povo e Mônica Pontes é uma destas pessoas.

Sobre o futuro ninguém sabe... Mas, no presente – e isso eu já posso dizer – o passado de Mônica como secretária se encerra deixando a Saúde de Chapadinha bem melhor que encontrou.  

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2020

TSE: Calafrios de Belezinha e a Esperança de Paulo Neto



Não tem como negar que a reabertura do processo de compras de voto que pode culminar com exclusão de Belezinha da disputa eleitoral colocou em polvorosa a Turma da Funil e encheu de esperança a galera de Mata Roma que faz tempo tem sede em Chapadinha.

O pânico de Belezinha é justificado pelo recuo do mesmo ministro Barroso que tinha absolvido a ex-prefeita em julgamento individual e agora resolveu atender o Ministério Público e a Procuradoria Eleitoral chamando os demais juízes da corte suprema eleitoral para apreciar o caso.

Em suas próprias palavras, o ministro Barroso considera mais que comprovada a compra de votos em 2016, reconhece que o ex-secretário Aluísio propôs e chegou a entregar material de construção em troca de votos e apoio a então prefeita. No processo ficou claro que os materiais de construção usados no crime saíram da loja de Belezinha, com filmagens, documentos e um conjunto de provas irrefutáveis. 

Relembre os fatos: 

Aluízio é Flagrado Prometendo Emprego e Comprando Voto Pra Belezinha



Promotoria Confirma Compra de Votos e Pede Que Belezinha e Aluízio Fiquem Fora das Eleições Até 2024



O peso desse volume de provas dificilmente passará impune pelos sete ministros do TSE e é isso que desanima Belezinha e empolga Paulo Neto, que – já tendo transferido o título para Chapadinha – espera substituir Belezinha como candidato a prefeito de Chapadinha. 

Desta forma param as movimentações e a política entra em compasso de espera do veredicto do Tribunal, deixando para depois a possibilidade de mudanças e fortes emoções.

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020

A Régua que Belezinha Mede Neto Pontes e a Tolerância de Magno



O pessoal ligado a ex-prefeita Belezinha na política e na imprensa segue usando a tolerância que é traço da personalidade política do prefeito Magno Bacelar para lançar suspeitas contra o vereador Neto Pontes em sua disposição de manter candidatura a prefeito.

Crítico contundente de Magno Bacelar, foi só o vereador Neto despachar ex-prefeita para virar alvo de seus partidários sob o argumento de que o parlamentar seria refém do governo por conta de vínculos profissionais de familiares seus com a gestão.

Para tanto usam até o fato de a mãe do parlamentar ser secretária do governo, como se a ex-vereadora Irmã Hilda, que sempre teve destacada militância política e é liderança respeitada entre os evangélicos, não tivesse gabarito para ser nomeada e mantida no cargo independentemente da posição partidária do filho. Um desrespeito!

Se na gestão anterior mera cordialidade ou conversas educadas com pessoas que discordavam da então mandatária poderiam terminar em suspeitas e até demissões, Magno já demonstrou que não usa a mesma régua de Belezinha. Magno não age com o fígado, não conserva rancores e não retalia familiares de adversários. Tanto é assim que temos exemplo de agora mesmo, quando o prefeito manteve o blogueiro Foguinho e o próprio filho de Paulo Neto na folha de pagamentos, mesmo depois do anúncio da adesão do deputado ao grupo adversário.

A carga contra o vereador Neto Pontes só pode ser entendida como recibo de perda de votos com sua independência, já que se for pra desconfiar de quem o prefeito Magno Bacelar mantém na folha porque se nega a perseguir, a lista do “rabo preso” vai aumentar muito.

terça-feira, 4 de fevereiro de 2020

Aliados de Belezinha Recebem Paulo Neto com a Lembrança do Vídeo do Fantástico




O que era pra ser uma entrada triunfante, algo capaz de consolidar Paulo Neto como fiel da balança da vitória de Belezinha, o anúncio do acordo entre os dois acabou não conseguindo empolgar e há sinais que até tenha tido efeito contrário e dividido a oposição.

Exemplo disso é que hoje a página TV Baixo Parnaíba, pertencente a Zezinho Lima, ex-secretário de trabalho do governo Belezinha, amanheceu divulgando o famoso vídeo do Fantástico sobre supostos esquemas nas prefeituras do eixo Mata Roma/Anapurus ligadas a Paulo Neto.

Mesmo que alguns atritos sejam naturais enquanto as coisas se acomodam, vamos convir que colocar um vídeo tão desagradável ao novo aliado não seja mensagem apropriada de boas-vindas.  



segunda-feira, 3 de fevereiro de 2020

Qual o Jogo de Paulo Neto?



Toda aliança eleitoral é motivada por interesses entre as partes envolvidas, todos precisam ganhar porque ninguém faz acerto político de graça, assim é o jogo. 

Este ano o interesse mais fácil de perceber é o do deputado Paulo Neto: deixar Mata Roma com a esposa e se transferir para Chapadinha em busca de conquistar ele próprio a prefeitura.

Como (por diversos fatores) isso não é possível no momento, Paulo Neto vai escolher quem melhor facilitaria sua entrada para dominar Chapadinha a partir de eleições futuras. E sua cartada é independente de vitória em 2020, podendo inclusive ser o contrário.

Explico.

Ganhando Belezinha ou Magno as chances de Paulo Neto e a turma de Mata Roma mandar em Chapadinha é zero. Tendo apoiado Belezinha em 2012 e vendo a então prefeita lhe virar as costas, em 2014, para apoiar Zé Inácio pelas conveniências do INCRA, Paulo também sabe que não conta com apoio de Belezinha pra sua reeleição de deputado estadual em 2022.

É por isso que o melhor caminho para Paulo Neto entrar em Chapadinha é apostar em quem ele avalie que não vai ganhar este ano para herdar o grupo estruturado rumo a 2024. Diferente disso, ele apenas marca passo ou tá enxergando sozinho uma jogada genial.



quinta-feira, 30 de janeiro de 2020

Desmontando o Mito: Imprensa e Moradores de Colatina Detonam Sergio Meneguelli



O prefeito Sérgio Meneguelli, de Colatina-ES que ganhou fama nacional aparecendo em vídeos executando obras com as próprias mãos, participando de mutirões, cortando gastos e mantendo aparente vida simples, sem sinais de riqueza e se tornou uma espécie de prefeito ideal para resolver os problemas de qualquer cidade e até do Brasil chegando à presidência, começa a perder a unanimidade em torno de seu mito.

A imprensa estadual e local há algum tempo apontam mazelas da cidade e contradições do prefeito também começam a ter destaque nacional colocando dúvida na perfeição de Meneguelli.

Obras paradas, abandono na saúde, aumento do próprio salário junto com o de vereadores, irregularidades em licitações e até superfaturamento estão entre as denúncias contra Sérgio Meneguelli.

O site “Na Mídia News” do Espirito Santo, trata Meneguelli como prefeito fake e marqueteiro” e divulga reclamações de populares. “Quem conhece Sérgio Meneguelli pelos vídeos e fotos fakes que divulga nas redes sociais, acredita que ele é um bom administrador, o que não passa de uma grande mentira. Colatina está jogada às traças, em situação precária”, reclama Juvenal Reis dos Santos.

“Ele é muito bom para fazer marketing quando lhe interessa. Quando está em jogo seus interesses ele se esconde. Se fosse o bom prefeito que falam, já teria vetado o aumento concedido aos vereadores e a ele próprio e não necessitaria de o povo ir às ruas para pressionar”, disse.

 Na mesma reportagem o fato do município de 120 mil habitantes contar com apenas duas ambulâncias também é questionado: “Em Colatina faltam medicamentos e médicos nos postos de saúde, as consultas com especialistas demoram uma eternidade para serem marcadas, o transporte para doentes está sucateado e não é suficiente para atender a demanda, deixando muitos cidadãos sem atendimento e existem apenas duas ambulâncias para atender uma população de 120 mil pessoas”. ““Essa é a verdadeira face de Colatina. A face oculta, que o prefeito não divulga nos seus vídeos””, enfatiza Antônio Carlos, um vendedor e morador da cidade ouvido.

A página Colatina News também fala de um contrato entre o município a Santa Casa que prejudicou a população e fez com que o Ministério Público tivesse que intervir. “O atendimento precário à saúde em Colatina, no Noroeste do Espírito Santo, em virtude da falta de investimento por parte da administração municipal, poderá ficar ainda mais precária depois da decisão do prefeito Sérgio Meneguelli de não renovar contrato de prestação de serviço com a Santa Casa de Misericórdia”, diz o site.

Segundo o Colatina News, para tentar evitar que a situação do Município na área de saúde fique ainda pior, a direção da Santa Casa avisou ao prefeito municipal, que se não houver uma definição sobre a renovação do contrato de prestação de serviços em vários setores da saúde, o hospital encerrará os atendimentos que ainda são feitos.

Com o fim do contrato a Santa Casa de Misericórdia de Colatina suspendeu uma série de procedimentos, dentre os quais consultas de várias especialidades, cirurgias em geral, exames de colonoscopia, mamografia, endoscopia, dentre outros.

Fontes Luminosas por 2,2 milhões
A Coluna Bastidores da Folha de Vitória e assinada pela Jornalista Luana Damasceno que cobre os meandros da política capixaba estranha o valor de Fontes Luminosas de Meneguelli.

“Se a resposta for com base no conteúdo das redes sociais do prefeito, adjetivos como bondoso, popular e generoso poderiam descrevê-lo muito bem. Meneguelli aparece com a mão na massa e faz questão de divulgar a satisfação em realizar trabalhos como pinturas de casas de moradores, plantação de árvores e instalação de enfeites para o Natal. Até aí, ponto para o prefeito…Realmente um diferencial que o coloca em posição de destaque entre os líderes dos executivos municipais do Estado.

Mas…
Nos últimos dias, o prefeito tem protagonizado um episódio um tanto polêmico. Sempre empenhado em embelezar a “Princesinha do Norte”, Meneguelli propôs a construção de três fontes luminosas na cidade.

Valor
A empreitada parece simples e positiva (afinal, quem não quer ver o local onde se vive mais bonito?). Porém, o preço da beleza neste caso é de 2 milhões e 200 mil reais.

Ministério Público
O Ministério Público chegou a ajuizar ação para bloquear as contas da Prefeitura de Colatina referentes às obras da fonte. O promotor Marcelo Ferraz Volpato pede que os recursos sejam aplicados nas reformas das unidades escolares e de abrigos para menores e ainda no pagamento de mensalidades atrasadas para o Lar Irmã Scheila.

Licitação
Apesar da ação do MP, a licitação para a obra foi assinada pelo prefeito na última sexta-feira. De fato, Meneguelli persiste na ideia porque tem parte do apoio da população, o que não impediu que também houvesse uma chuva de críticas por parte de moradores que apontaram muitas outras prioridades para a cidade, principalmente nas áreas de saúde e educação”.

Prudência e Cautela
As denúncias podem ter partido de opositores do prefeito Meneguelli e, ainda que verdadeiras as reclamações, ele ainda pode ser considerado um bom prefeito e tal julgamento cabe a seus conterrâneos que conhecem de perto a realidade. Nós que estamos de longe devemos ter prudência de não prejulgar por conta das denúncias da imprensa ou moradores e redobrar a cautela para não escolher mais um falso Salvador da Pátria, se é que existe Salvador da Pátria verdadeiro. 

Link das Matérias 








Paulo Neto Tenta Tirar Aldy Júnior do Páreo, Que Resiste e Confirma Candidatura



Uma foto publicada (ontem) pelo presidente do DEM no Maranhão, deputado federal Juscelino Filho ganhou repercussão imediata nos bastidores da política de Chapadinha. Na versão oficial o deputado estadual Paulo Neto (DEM) e Juscelino tratavam das alternativas do partido para as eleições municipais de forma mais abrangente.

“Hoje pela manhã estive reunido com o deputado estadual Paulo Neto, importante nome dos quadros do Democratas dialogando sobre o cenário político no Estado e a respeito das eleições municipais deste ano”, declarou Juscelino.

Chapadinha teria entrado no meio da conversa com a análise de Paulo Neto de que o pré-candidato do partido em Chapadinha não teria chances e Aldy Júnior deveria ser convencido a desistir.

Até agora não se sabe qual a opinião de Juscelino Filho sobre a questão. Já Aldy Júnior, ouvido pelo Blog, fez questão de confirmar a intensão de ser candidato. “É meu desejo está na disputa, me apresentar como uma opção alternativa de renovação e concorrer de fato a eleição que se aproxima”, disse. “Tenho a sinalização do presidente do partido que tem interesse de lançar o maior número possível de candidatos pelo DEM no Maranhão. Entretanto, preciso sentar com Juscelino pra sacramentar a decisão da candidatura”, completou Aldy Júnior.

Até agora Paulo Neto não declarou apoio a nenhuma candidatura em Chapadinha, mas tá ficando muito claro que ele não quer Aldy, que votou nele em 2018 e é seu companheiro de partido.

quarta-feira, 29 de janeiro de 2020

Terceira Via: a política como ela é e como deveria ser



Contra a tendência até aqui colocada de termos apenas dois nomes na disputa, a existência de terceiras ou quartas vias no processo eleitoral de Chapadinha tem forte sentido filosófico, é uma necessidade lógica atual e futura de lideranças que pretendem alavancar carreira e, em tese, as alas independentes já começariam com boa expectativa de densidade eleitoral.

Em um cenário polarizado por dois postulantes que já se alternaram no poder e o eleitorado conhece bem suas qualidade e defeitos, colocar um nome novo vai de encontro ao sentido mais profundo da política que é a ampliação da democracia pelo aumento de opções que legitimariam ainda mais o julgamento do povo.

O candidato que ousar lançar e manter até o fim candidatura tem três possibilidades: sair com reduzido percentual, mas mantendo credibilidade para outras conjunturas; se consolidar como novo líder a partir de uma boa votação inicial; e ainda – num cenário difícil, mas não impossível – ganhar a eleição logo de cara.

Entre os nomes já cogitados ou mesmo lançados (só pra citar alguns) como Higor Almeida, Aldyr Júnior e Neto Pontes retirar candidatura sem um bom argumento político é morte antes do nascimento, desistência sem volta da possibilidade de ser líder.

Ainda que não tenhamos pesquisa dando números, o espaço para uma candidatura alternativa pode ser sentido nas ruas e nas redes sociais, por isso, no jogo agora jogado a terceira via é a política como deveria ser com sua presença ou a política como ele é com sua ausência.