quinta-feira, 23 de maio de 2019

Jerry: “O Coaf não é aparelho de Sérgio Moro, e sim um órgão do Estado brasileiro”


Por meio das redes sociais, o deputado federal Márcio Jerry expôs as razões para votar contra a incorporação do Coaf ao Ministério da Justiça, conduzido por Sérgio Moro.
“Aprovamos na Câmara dos Deputados que o COAF não é aparelho de Sérgio Moro, mas sim um órgão do Estado brasileiro. COAF no lugar em que sempre esteve: Ministério da Economia”, pontuou.
“Governo Jair Blsonaro e ministro Sérgio Moro derrotados pelo voto dos deputados e deputadas. Na democracia é assim, Sérgio Moro”, completou Jerry.
A maioria dos deputados segue a lógica de que nas boas democracias do mundo, um órgão como o Coaf está subordinado à pasta correspondente ao que se chama hoje no Brasil “Ministério da Economia”.
do Blog Marrapá

Jefferson Portela representa criminalmente contra Bardal, Ney Anderson e 03 blogueiros



O Secretário de Segurança Jefferson Portela representou criminalmente na Procuradoria Geral de Justiça nesta quarta-feira (22), contra o preso Tiago Bardal, o delegado sindicado Ney Anderson, os blogueiros Neto Ferreira, Stênio Jonnes e o Iury Almeida.

Eles responderão criminalmente por calunia, injúria e difamação. As representações foram contra o preso Tiago Bardal, o delegado sindicado Ney Anderson.  Os três blogueiros, Neto Ferreira, Stênio Jonnes e o Iuri Almeida, que falsamente fizeram acusações sobre investigações ilegais contra membros do poder judiciário do Estado do Maranhão.

As versões dadas pelo preso Tiago Bardal e do sindicado Ney Anderson foram replicadas de modo alinhado pelos blogueiros citado, sendo por isso, também foram processados.

terça-feira, 21 de maio de 2019

Jefferson Portela condena versões criminosas sobre investigação a membros do Judiciário


O secretário de Estado da Segurança Pública, Jefferson Portela, condenou as versões criminosas apresentadas pelo preso Tiago Mattos Bardal e pelo Delegado licenciado Ney Anderson da Silva Gaspar, acusando o Sistema Estadual de Segurança Pública de investigar ilegalmente membros do Poder Judiciário do Estado do Maranhão.
De acordo com o secretário, nenhuma das autoridades referidas figurou no polo passivo de investigações criminais, portanto, “não houve em momento algum a efetivação de interceptações de comunicações telefônicas, de informática ou telemáticas”.
Portela afirmou ainda que, considerando que tais notícias ofendem a honra de servidores públicos estaduais, “os autores serão criminalmente responsabilizados”.
Do Blog Marrapá

Marcelo Menezes Relata Ameaças e Agressões por Conta de Denúncia Contra Cartel de Combustíveis


Sem citar nomes, o vereador Marcelo Menezes relatou ter sido agredido por conta das denúncias que fez sobre a prática de cartel de postos de combustível em Chapadinha. 

De acordo com o parlamentar a agressão aconteceu numa festa no Aldeota Clube, no último final de semana. Marcelo lamentou que o desentendimento tenha acontecido com uma pessoa que ele tinha como amigo. “Minha mágoa é essa, ter sido agredido por uma pessoa que considerava amigo, mas felizmente não houve maiores consequências”, declarou.

Marcelo disse que foi procurado pela família do agressor e que deu o caso por encerrado, mas afirmou que não vai deixar de fazer seu papel de vereador, mesmo que sua atuação contrarie interesses. “Não me calarei com intimidação, nem com ameaça”, ressaltou Marcelo Menezes.

Bolsonaro Negocia com Centrão e Desiste de Protestos



Vamos às notícias, depois comento.

De acordo com o G1, o presidente Jair Bolsonato acertou com os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), a votação nesta quarta-feira (22) da medida provisória 870, que reestrutura a Esplanada dos Ministérios, mas sem a criação das pastas das Cidades e da Integração Nacional e mais três pontos entre eles o futuro do COAF.

O porta-voz da presidência, Otávio Rêgo Barros, informou no início da tarde desta terça-feira (21) à agência Reuters que o presidente Jair Bolsonaro decidiu não participar das manifestações no dia 26. Bolsonaro chegou a cogitar participar das mobilizações, que têm entre suas principais reivindicações o fechamento do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Congresso Nacional.

Comentário
Embora seja um balde de água gelada nos radicais que ainda o seguem, o presidente Bolsonaro fez a coisa certa. Ninguém governa na democracia sem política e políticos e é dever legal do presidente respeitar os demais poderes da República.




Na Praça do Povo: Guarda Municipal Prende Dupla Suspeita de Praticar Assaltos



A Guarda Municipal de Chapadinha acaba de apreender dois suspeitos de praticar assaltos portando uma arma de brinquedo nas imediações da Praça do Povo.

A dupla será levada para a delegacia para as medidas legais. Mais informações em instantes.