terça-feira, 23 de julho de 2024

Magno Marca Convenção Para 2 de Agosto


 

Confirmando ter mantido a candidatura, o ex-prefeito Magno Bacelar divulgou banner marcando convenção para o próximo dia 2 de agosto, às 17 horas, na Mansão do Forró. Dr. Magno deve conceder entrevista à Rádio Mirante nesta quarta-feira, dia 24. 

Reviravolta: Magno Desiste de Desistir


 

Após divulgar nota desistindo, o ex-prefeito Magno Bacelar reavalia a situação, cancela a nota e mantém candidatura. Em contado com o Blog, Magno não entrou em detalhes, mas marcou entrevista no Direto ao Assunto desta quarta-feira, 24 de julho, onde pretende se pronunciar sobre o tema.  

Magno Divulga Nota Retirando Candidatura


 

O ex-prefeito Magno Bacelar acaba de publicar, em suas redes sociais, uma nota retirando a candidatura a prefeito. Na nota, Dr. Magno fala em recuo estratégico e não indica quem pretende apoiar. Mais detalhes nas próximas postagens.  

sexta-feira, 19 de julho de 2024

Brejo: Prefeito Zé Farias Condenado a Devolver 1 Milhão e 600 mil e Perde Direitos Políticos


 

O prefeito Zé Farias, de Brejo, acaba de sofrer mais um grave revés na justiça. Ele foi condenado, em maio de 2019, e cuja execução da sentença veio agora, obrigando o gestor a devolver R$ 1.639.391,89 ao FNDE por não haver prestado contas do verbas da educação e impondo outras sanções.

De acordo com a sentença da Justiça Federal do Maranhão, durante o exercício financeiro de 2012, “o Município de Brejo, sob a gestão do Réu (Zé Farias), recebeu do FNDE repasse de verbas para o Programa Dinheiro Direto na Escola-PDDE, deixando, todavia, de prestar contas em tempo e modo próprio, conforme revela o Oficio n. 23824E/2013- SEOPC/COPRA/CGCAP/DIFIN/FNDE; o prazo para prestação de contas foi encerrado no dia 30.04.2013 (fl. 21), descreve a sentença.

Trecho da Execução


Ainda na sentença, o Juiz Federal Carlos do Vale Madeira conclui a não prestação de contas como ato de improbidade e de corrupção praticado por Zé Farias. “Embora seja certo que os conceitos de moralidade administrativa e improbidade administrativa possuam contornos comuns, pois que voltados para a preservação da honestidade no âmbito da Administração Pública, não se pode olvidar que o fenômeno da improbidade administrativa revela plena afinidade com o fenômeno da corrupção administrativa, pois que este, construído sob diversos matizes-descritos criteriosamente na lei de improbidade administrativa -,promove o desvirtuamento ético da Administração Pública”, conclui o Magistrado.

Condenações Impostas ao Prefeito Zé Farias


Além da devolução do dinheiro, o prefeito Zé Farias foi condenado a perda dos direitos políticos, a multa e fica proibido de estabelecer negócios com órgãos públicos. “ANTE O EXPOSTO, acolho os pedidos formulados na petição inicial (CPC 487 1), impondo ao Réu as sanções seguintes (LIA 12111): a) ressarcir aos cofres do FNDE a importância de R$ 416.851,07 (corrigido para R$ 1.639.391,89); b) suspensão dos seus direitos políticos pelo prazo de 3 (três) anos; c) pagamento de multa civil correspondente ao valor dos recursos descritos no item a; e d) proibição de contratar com o Poder Público ou receber benefícios fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica da qual seja sócio majoritário, pelo prazo de 3 (três) anos”, finalizou o juiz Madeira.

A ação de cumprimento de sentença definitiva que obrigará o prefeito a pagar os R$ 1.639.391,89, é datada de 15 de janeiro deste ano e assinada pela procuradora federal Juliana Barbosa Antunes.

Entramos em contado com a assessoria da prefeitura de Brejo, mas até o momento não recebemos resposta. Continuamos no aguardo.

quarta-feira, 17 de julho de 2024

Josenildo Confirma Convenção Dia 28


 

Minutos depois da matéria anterior ir ao ar, a campanha de Josenildo Garreto divulgou o banner oficial da convenção. Será dia 28 de julho, no Aldeota Clube e contará com a presença do deputado federal Fábio Macedo.

Chapadinha: Cadê as Convenções das Oposições?


 

Belezinha faz dias que tem chapa montada e convenção marcada e – até essa data – ninguém das oposições marcou data de convenção partidária. Porque isso estaria acontecendo?

A resposta obvia é a falta de definições.

Aldy x Márcia

No União Brasil persiste a disputa entre os ex-vereadores Aldy Júnior e Márcia Gomes e a convenção vai ter efeito de prévia onde os filiados decidirão entre os dois quem será o candidato a prefeito. Ainda não há data marcada.

Josenildo

Josenildo, mantém a pré-campanha ativa, tem local definido, o Aldeota Clube, e a data indicada para o próximo dia 28, com a presença do deputado federal Fábio Macedo, mas ainda não foi confirmado o dia, muito provavelmente, a espera de alianças e composições com outras forças.

Magno Bacelar

Magno já tem vice escolhida, a presidente do PC do B, Maria dos Santos, continua longe do município e evitando atos de pré-campanha. Como ele diz ser milionário e ter recursos necessários para custear a campanha, sua ausência e a falta de anúncio da convenção sugere que ele ainda não tem certeza se será ou não candidato por motivos jurídicos ou políticos.

Desta forma, entre brigas no mesmo partido e insegurança quanto a se lançar ou não candidato, a prefeita tem o caminho organizado e tranquilo e a oposição parece que não quer nem começar a andar.

sexta-feira, 12 de julho de 2024

Chapadinha: Transparência do TCE Aponta Câmara com Nota 8.9 e Reprova Prefeitura com 3,38


 

O Tribunal de Contas do Estado – TCE acaba de divulgar o Ranking de transparências de órgãos públicos do Maranhão e Chapadinha teve a Câmara Municipal bem avaliada e a Prefeitura entre as últimas dos 217 municípios do estado.

A Secretaria de Fiscalização do Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (Sefis) divulgou o resultado do Ranking de Transparência relativo ao primeiro semestre de 2024. O ranking é elaborado a partir de avaliações realizadas pelo órgão de controle externo nos portais de transparência dos fiscalizados sob sua jurisdição.

Câmara de Chapadinha Nota Positiva


Na avaliação dos órgãos de Chapadinha o destaque positivo ficou com a Câmara Municipal, que tirou nota “B” e marcou 8,9 pontos.

Já a prefeitura de Chapadinha, com o portal praticamente fechado desde o início do ano, tirou nota negativa de “C-” e alcançou apenas 3,38 pontos. Veja a lista do TCE completa aqui

Prefeitura entre as Piores: Nota 3,38


Por negar acesso a dados que permitem ao cidadão fiscalizar a honestidade de suas contas e gastos, a Prefeitura Municipal de Chapadinha terminou entre as últimas do estado no quesito transparência, perdendo para todos as cidades da Região e ficando atrás de mais de 200 municípios de todo o Maranhão.

Para não deixar qualquer dúvida de que a falta de transparência é proposital, a prefeita Belezinha tem na câmara do aliado presidente Antonio Tote – a base do 8.9 contra 3.38 – uma comparação vergonhosa.   

quarta-feira, 10 de julho de 2024

93% Não Sabem Ler: 2022 e 2023 Repetem Números Vergonhosos Sobre Educação Pública de Chapadinha


 

As avaliações disponíveis sobre o nível de leitura dos alunos da rede pública municipal de Chapadinha, nos anos de 2022 e 2023, repetem o desempenho trágico de 2024.

Em 2022, cerca de 93% dos alunos avaliados foram classificados como não leitores, apenas 6% atingiram a categoria de leitores iniciantes e – novamente – número inferior a 1% demonstraram leitura fluente. Abaixo dados de 2022. 




No quadro geral comparativo da região ficamos em penúltimo lugar, vencendo apenas Anapurus que apresentou índice de 96% de não leitores.

Dando contorno ao vexame, entre os 93% de não leitores, 39% dos alunos não apresentaram capacidade de ler coisa alguma, 25% conseguiram soletrar, 11% teriam silabado, num grau levemente superior a quem soletra. 19% leram não mais que 10 palavras no teste.

A avaliação de 2023 repete a realidade vergonhosa, 86% de não leitores, 13% de leitores iniciantes e – outra vez – leitores fluentes abaixo de 1%.

No comparativo, novamente estamos entre os últimos do Baixo Parnaíba, a frente apenas de Mata Roma, Milagres e Buriti.  Abaixo dados de 2023. 




Apesar de alcançada por mensagem, a secretária de educação Nara Macedo, nada falou sobre os números, a prefeitura também adotou silêncio sobre os dados e o que tivemos de resposta foi do líder do governo na Câmara que não negou a veracidade dos números, mas apontou desculpas como a pandemia e a gestão anterior. Reveja.

Desta maneira silenciosa a gestão pública de Chapadinha nada explica sobre o retumbante fracasso da educação sob sua responsabilidade – mas, ao menos – parou a propaganda que exaltava obras como sinal de qualidade total, o que também não melhora nada.

sexta-feira, 5 de julho de 2024

Governo Lula Anuncia Policlínica para Chapadinha


 

Com um investimento de R$ 1,65 bilhão do Novo Programa de Aceleração do Crescimento (Novo PAC), o Ministério da Saúde vai construir 55 policlínicas em 24 estados, o que beneficiará 19 milhões de pessoas. Três municípios do Maranhão estão entre os beneficiados com novas e modernas unidades de saúde: Balsas, Chapadinhas e Apicum-Açu. Segundo Henrique Chaves, diretor de programa da Secretaria Executiva (SE) da pasta, "Esta é a primeira vez que policlínicas serão construídas com recursos federais. O valor médio por unidade chegará a R$ 30 milhões entre obras, equipamentos e mobiliário".

Com o novo projeto, as policlínicas se tornarão um centro integrado de cuidado e resolução que contemplará núcleos de atenção integral ao homem, mulher, crianças e outros públicos que requerem acompanhamento especial.  Espaços de reabilitação para pacientes com sequelas de Acidente Vascular Cerebral (AVC) e doenças respiratórias também estão no projeto. 

Segundo Mirela Pessatti, arquiteta responsável pela planta, a proposta é que os espaços sejam um centro de integração que concentre todos os procedimentos em um único local, possibilitando que o paciente otimize seu tempo e alcance melhores resultados no tratamento. “Com isso, desafogamos outros pontos de atenção como os hospitais, otimizamos tempo e salvamos mais vidas, agindo em tempo oportuno”, explica Mirela. 

As policlínicas fazem parte do Programa Mais Acesso a Especialistas, que tem como ponto de partida a necessidade de tornar o acesso do paciente, aos exames especializados e às consultas, o mais rápido possível e com menos burocracia, a partir do encaminhamento realizado pela Equipe de Saúde da Família (ESF)

Serão oferecidos ainda nas novas unidades a realização de exames gráficos e de imagem como ressonância magnética, tomografia e eletrocardiograma; consulta clínica de apoio ao diagnóstico com médicos de diversas especialidades como angiologia, cardiologia, oftalmologia e neurologia; e pequenos procedimentos como vasectomia, cauterização e biópsias em centro cirúrgico de baixa complexidade. 

Junto aos serviços baseados em núcleos de atenção integral à saúde, as unidades serão espaços de formação, qualificação e fixação dos profissionais de saúde. Também, a partir da tecnologia da informação e da regulação interna, serão pontos de apoio à inteligência sanitária nos territórios. 

Sustentabilidade e tecnologia 

Grandes aliadas do meio ambiente, as policlínicas foram projetadas seguindo parâmetros de sustentabilidade como ventilação e iluminação natural no máximo de ambientes possíveis, método de uso e reuso de água, captação de energia solar, além de priorizar o uso de materiais com pouca necessidade de manutenção, reparos e substituições 

Todos os consultórios e espaços de exames possuem instalações de dados e lógica para implementação da telessaúde. Assim como as “ilhas” multiprofissionais localizadas nos núcleos de cuidado. Terão ainda espaço específico para a tecnologia da informação, com a instalação dos racks de informática e sala dedicada a equipe da saúde digital. 

Ministério da Saúde

Cúpula da Federação Escolhe Magno, Decisão Não é Consenso na Base

Magno com os Dirigentes do PT em São Luís

 

Depois de uma série de tentativas de unir as oposições a cúpula da Federação Brasil da Esperança (PT-PC do B) decidiu declarar apoio ao ex-prefeito Magno Bacelar. Ainda não houve anúncio, mas o apoio foi confirmado.

A decisão aconteceu em São Luís com a participação das presidentas municipais e dos dirigentes estaduais das legendas, com a presença do ex-prefeito Magno.

Após o anúncio, militantes petistas repudiarem a decisão, reclamando que os pré-candidatos e demais filiados não foram consultados e prometem desencadear movimento em favor de critérios mais democráticos para a definição da chapa majoritária.

Nome do Pai, da Mãe e do Esposo... Belezinha Homenageia Família e Impõe Nova Humilhação à Câmara

 


A prefeita Belezinha resolveu homenagear familiares falecidos dando nome a logradouros públicos que serão inaugurados nos próximos dias. Até ai, nenhuma novidade, outros prefeitos já colocaram nomes de parentes em prédios púbicos.

A inovação no caso é uma troca de nomes em desacordo com o que foi aprovado pela Câmara. O poder legislativo aprovou o nome da senhora Francisca Menezes Pontes (mãe da prefeita) para o Centro Pedagógico do Campo Velho, o do senhor Genésio Ferreira Pontes (pai de Belezinha) para a Praça do Bairro Campo Velho e do senhor Wilson Martins Cordeiro (primeiro esposo) para a UBS do Bairro da Cohab. Ao fim, cópia dos projetos.

Acontece é que após a aprovação dos nomes, por meio de lei municipal, uma mudança aconteceu: no lugar da UBS, o nome de Wilson Martins, esposo falecido da prefeita, foi colocado na Praça do Campo Velho. Se a UBS vai receber o nome do pai da prefeita, ainda não se sabe.

Assim, a Câmara aprova uma Lei Municipal que a prefeita altera por conta própria, mostrando ao parlamento que não basta ser submisso ou inútil, tem que ser desmoralizado com muita propaganda. 

Sr. Genésio pai da Prefeita era pra ser nome da Praça


Mãe da prefeita nome do Centro Pedagógico

Primeiro Esposo de Belezinha era na UBS Cohab









quinta-feira, 4 de julho de 2024

Tentativa de Diálogo Entre Magno, Josenildo e Aldy Quase Termina em Agressão


 

Uma tentativa de diálogo entre os pré-candidatos oposicionistas Magno Bacelar, Josenildo Garreto e Aldy Jr, por pouco e em vários momentos quase descamba para as vias de fato e terminou com desentendimento generalizado.

Segundo testemunhas que presenciaram a conversa, que aconteceu na residência da presidenta do PC do B, Maria dos Santos, Dr. Magno teria reagido mal quando Josenildo e Aldy disseram que hoje o ex-prefeito seria o político com maior rejeição na cidade.

Em resposta Magno teria dito que ser um dos homens mais ricos do Maranhão, teria taxado Josenildo de “liso” e que Aldy não teria votos pra sustentar uma campanha.

O clima já era tenso quando um pré-candidato vereador do PT, contrário a Magno, interveio  lembrado que apesar de milionário e na cadeira de prefeito, ele Magno, amargou o terceiro lugar perdendo para um “liso” como Higor.

Depois disso Magno se exaltou, reclamou que existia uma trama para atingi-lo e teria passado para ataques pessoais e familiares contra os dois concorrentes. Aldy e Magno chegaram e ser contidos pela “turma do deixa disso” e Magno terminou se retirando do local.

Ao fim, Aldy e Josenildo confirmaram que continuam respeitosamente conversando e buscando acordo entre eles, mas descartaram qualquer novo diálogo ou tentativa de entendimento com Magno.

quarta-feira, 3 de julho de 2024

Treta: Não Convidem Magno e Josenildo para a Mesma Foto


 

Após uma breve rusga no encontro realizado no Chapadinhense Hotel e  puxado pela Federação PT-PC do B, o clima entre os pré-candidatos Magno e Josenildo voltou ter atrito numa espécie da sabatina que a mesma Federação realizou hoje.

A Federação Brasil da Esperança ouviu os pré-candidatos Dr. Magno, Josenildo e Aldy Jr e Magno foi o primeiro  a falar e a responder perguntas, Aldy e Josenildo chegaram e ficaram a esperando a vez deles.

Na saída do Dr. Magno (que aniversaria hoje) foi proposto uma foto entre os pré-candidatos e as presidentas do PT e do PC do B Francisca Nunes e Maria dos Santos, Aldy e Magno toparam e posaram para a foto que ilustra a postagem.

Josenildo recusou na bucha e sem esconder que a negativa era por causa de Magno.  

Depois as presidentas convidaram os três candidatos para uma conversa reservado entre eles e as primeiras informações indicam que na conversa reservada a desinteligência foi muito pior.

Estamos apurando...

segunda-feira, 1 de julho de 2024

Câmara Entrega Título Que Não Foi Aprovado a Josimar Maranhãozinho


 

A concessão do título de cidadão chapadinhense ao deputado Josimar Maranhão que já causou polêmica com relação ao merecimento em face das acusações de corrupção que pesam contra o parlamentar, agora pode parar nos tribunais porque o projeto legislativo que autorizaria a câmara a outorgar a cidadania não chegou a ser aprovado.

Isso mesmo, o Decreto Legislativo, de autoria do Presidente Antonio Tote e da vereadora Nildinha Teles, chegou a ser lido na sessão do dia 20 de junho, mas não foi colocado em votação como os demais decreto de título de cidadãos.

Como fica claro no vídeo, o rito passa pela leitura da proposta da seguinte forma: “a Câmara Municipal de Chapadinha, no uso de suas atribuições legais, decreta que fica concedido o título de cidadão chapadinha à senhora ou senhor”... Logo após coloca o pedido em discussão e depois em votação: “coloco em discussão. Em votação, os vereadores que concordam permaneçam no estado em que se encontram”... O presidente olha para o plenário, e, não havendo manifestação declara aprovado o decreto. “Decreto aprovado por unanimidade”, finaliza o presidente. Veja o vídeo aqui no Instagran ou no final da matéria. 

No caso de Josimar Maranhãozinho o presidente Tote leu a proposta, mas não a colocou em votação, nem declarou aprovada e passou para o projeto seguinte. Ou seja, sem haver sido aprovado pelo conjunto dos vereadores, o deputado Maranhãozinho recebeu o Título de Cidadão sem validade, uma homenagem fake. Esquecimento ou constrangimento?

Mandamos mensagem pedindo posição ao presidente Antonio Tote, mas não tivemos resposta.

Pelo fato de não ter sido aprovado como exige o Regimento da Câmara e a Lei Orgânica do Município o caso pode parar na justiça.  




sexta-feira, 28 de junho de 2024

Vaias, Culpa da Pandemia e da Gestão Passada... São as Primeiras Respostas à Tragédia da Educação de Chapadinha

Diretoras Mobilizadas na Câmara Municipal

 

Mesmo sem nota ou posição oficial, ainda que tímidas, começam a surgir as primeiras reações da prefeitura de Chapadinha sobre os dados da educação. Reveja os dados aqui

Uma jornada pedagógica fora de época, mobilização de diretores para vaiar vereadores de oposição e aplaudir governistas e o líder do governo colocando a culpa na pandemia e na gestão passada, foram as primeiras respostas. 

Print da Convocação para a Jornada Pedagógica


Acima o print da convocatória para uma jornada pedagógica – que por lógica e tradição sempre acontece nos meses iniciais do ano letivo – agora marcada para o dia 3 de julho. Se não for para buscar melhores justificativas e desculpas para o baixo desempenho, apesar do atraso, pode até melhorar alguma coisa daqui pra frente.

Na sessão de ontem, diretores foram à câmara para hostilizar falas de vereadores que questionassem os números revelados sobre a educação e para aplaudir discursos governistas. Iniciativa quase desesperada e menos lógica que a tal Jornada Pedagógica Fora de Época.

Vamos pensar se faz sentido gestores escolares de um sistema que apresenta 99% de não leitores e leitores precários entre seus alunos, respondendo ao questionamento sério com vaias em sessão do parlamento. Pedagógico, não é mesmo?

O líder do governo Alberto Carlos atravessou três desculpas: culpou a pandemia, o governo anterior e disse que o levantamento teria sido restrito a alunos do 2º ano.

Vamos imaginar que o levantamento tenha sido somente entre alunos do 2º ano: devemos nos conformar de termos esses números trágicos nessa série enquanto todos os municípios da região estão melhores que Chapadinha na mesma faixa? Será possível que a educação de Chapadinha esteja péssima no 2º ano e maravilhosa nas demais séries?

Sobre a pandemia que atingiu também os municípios mais bem avaliados que nós, é desculpa desmoralizada em si mesma.

Culpar a gestão anterior estando no quarto ano de mandatado atual e tendo, o mesmo grupo, governado em outros quatro anos anteriores, sai do campo da retórica para se tornar cinismo puro.

quinta-feira, 27 de junho de 2024

Não Foi Pagamento, Foi “Gato”: Secretário Fala Sobre Corte de Energia da Água Fria


 

Na quarta-feira um morador da localidade Água Fria publicou vídeos e fotos sobre um corte de energia na escola pública municipal. Veja aqui.

Hoje no final da tarde, em entrevista a William Fernandes, o secretário de Obras Peres Galvão confirmou o corte, mas negou que a interrupção tenha sido por falta de pagamento.

Segundo ele (veja íntegra do vídeo) o corte se deu em razão de uma ligação clandestina, supostamente feita na gestão anterior, que teria sido descoberta na sexta-feira, dia 21 de junho.

Ainda de acordo com o secretário a prefeitura estuda acionar judicialmente a Equatorial pelo desligamento. Ou seja, o corte não se deu porque esqueceram de pagar uma conta e sim por uma ligação irregular feita na gestão anterior e só agora – depois de três anos e meio da atual gestão – foi descoberta. Então não teria sido falta de pagamento e sim “gato”. Então tá bom!

quarta-feira, 26 de junho de 2024

Na Rede Municipal de Chapadinha: 82% dos Alunos Não Sabem Ler e 18% Leem Mal


 

O governo federal acaba de publicar os números do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica – SAEB e os resultados de Chapadinha escancaram o quadro de desempenho assustador.

Gráfico: Apenas 0,98 Sabem Ler Alguma Coisa


De acordo com o resultado, 82% dos alunos não têm capacidade de ler um texto por mais simples que seja ou mesmo palavras soltas, 18% são considerados leitores limitados e menos de 1% (0,98) dos alunos da rede municipal de ensino leem de forma satisfatória. Veja gráfico acima. 

Na avaliação, os estudantes são convidados a ler palavras e textos. Com base na quantidade de acertos e no modo como essas leituras são realizadas, são estabelecidos perfis de leitores. Esses perfis indicam o tipo de comportamento do leitor durante a leitura e seus desempenhos.

Tirando qualquer dúvida quanto ao péssimo desempenho das escolas municipais de Chapadinha, na Regional, nosso município ganha apenas de Milagres do Maranhão que tem 83% e de Buriti que aparece com 85% dos seus alunos não-leitores. Gráfico abaixo. 

Chapadinha Entre as Últimas da Região


Ainda na Regional, Chapadinha ficou atrás de São Bernardo, Magalhães de Almeida, Santa Quitéria, Santana, Paulino Neves, Água Doce, Araioses, Anapurus, Tutóia, Brejo e Mata Roma.

Enviamos mensagem à secretária municipal de educação Nara Macedo, mas até o momento não houve resposta.

Os dados utilizados pela matéria foram divulgados pela Secretaria Estadual de Educação com base em levantamentos do MEC. Links para quem quiser conferir aqui e aqui.

O SAEB – que foi desenvolvido e é realizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, órgão oficial do Ministério de Educação – muito mais que desmontar a propaganda oficial de qualidade da educação, entre alunos que não sabem ler coisa alguma e outros que leem muito mal, os dados são contundentes e revelam um cenário de produção de analfabetos totais ou funcionais e de fracasso do sistema educacional capaz de negar qualquer chance de avanço humano às crianças e de impedir o desenvolvimento da cidade.   

terça-feira, 25 de junho de 2024

Magno Ausente: Dificuldades ou Estratégia?


 

Quando Higor desistiu, depois da surpresa geral, a consolidação de Magno Bacelar como nome pra enfrentar Belezinha parecia resultado natural. Até agora não foi!

Ao invés de avançar, Magno recuou, praticamente deixou de fazer política: se afastou da cidade, não visitou mais ninguém e até uma campanha de marketing que colocava nas redes foi suspensa.

O motivo da postura do ex-prefeito é até difícil de entender. Poderia ser dificuldade na justiça, mas tais barreiras Magno sempre teve e as superou; pode ser avaliação com base em pesquisa que eventual rejeição o tira do jogo, mas Bacelar já enfrentou outras situações adversas; ou pode ser estratégia de adiar a campanha pra entrar com tudo no momento certo, mas esse tempo certo pode estar passando.

Resultado é que outras pré-candidaturas se mantém, outros nomes se movimentam no limite de não haver tempo nem jeito político para desistências e a incerteza acabrunha a oposição.

Magno é um político vitorioso e experiente, ele pode estar tramando uma jogada genial e infalível, porém, tudo está mais com cara do inverso.

Vamos ver o que acontece!   

sábado, 22 de junho de 2024

Sem Divulgação Oficial: Bolsonarista Belezinha Vai a Evento de Lula

Belezinha no Evento de Lula

 

Adepta da maior exposição possível em suas redes sociais particulares e páginas oficiais do município, a prefeita Belezinha simplesmente omitiu sua participação no evento do presidente Lula no Maranhão.

Considerada a prefeita mais bolsonarista do Maranhão, Belezinha esteve na Avenida Litorânea, para a assinatura de ordem de serviço para construção de novo trecho do Avenida Litorânea e divulgação de outras iniciativas do governo Lula no Maranhão.

Acompanhada da vereadora Nildinha Teles, Belezinha chegou a gravar um vídeo curto dizendo que ia para o evento do Lula.

No evento, com cara de “poucos amigos”, Belezinha não quis postar fotos nem vídeos, mas foi flagrada pelo Blog.

Desta forma Belezinha demostra que não consegue ficar à vontade em eventos lulistas e mantém aversão ao presidente.

Nildinha e Belezinha no Evento Lulista


terça-feira, 18 de junho de 2024

Belezinha Tem Contas de 2021 Reprovadas pelo TCE


 O Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE-MA) manteve a desaprovação das contas do exercício financeiro de 2021 da prefeita de Chapadinha, Maria Ducilene Pontes Cordeiro, e do pregoeiro Luciano de Souza Gomes. A decisão foi publicada na edição nº 2563/2024 do Diário Oficial Eletrônico do TCE-MA desta segunda-feira (17), confirmando o Acórdão PL-TCE nº 288/2023.

O processo nº 5840/2021 trata de uma representação que levou à desaprovação das contas do município de Chapadinha relativas ao exercício financeiro de 2021. Maria Ducilene Pontes Cordeiro, prefeita de Chapadinha, e Luciano de Souza Gomes, pregoeiro, recorreram da decisão do Acórdão PL-TCE nº 288/2023, solicitando um recurso de reconsideração.

O relator do processo, Conselheiro-Substituto Antônio Blecaute Costa Barbosa, conheceu o recurso por atender aos requisitos de admissibilidade, mas negou-lhe provimento. As justificativas oferecidas pelos recorrentes não foram suficientes para modificar o mérito das irregularidades que motivaram a decisão inicial.

Blog do Domingos Costa



Tio Peres: O Que se Sabe e as Dúvidas que Restam

Lei Municipal Retirando o nome de Joaquim Peres da Silva

 

O governo municipal retirou parte da capa de mistério que evolve a nova creche ao esclarecer a homenagem secreta a Joaquim Peres da Silva. Tio Peres foi um educador da cidade de Tutóia, falecido há 60 e pai do ex-prefeito e ex-deputado Irineu Veras Galvão.

Joaquim Peres tem (entre filhos, netos e bisnetos) familiares morando em Chapadinha que desempenharam funções de destaque e mantém conduta respeitável na comunidade.

Já com relação à constituição, habilitação no MEC e funcionamento da instituição em si, muitas dúvidas continuam e despertaram interesse de parlamentares.

As vereadoras Vera Lúcia e Mônica Pontes estiveram na Secretaria de Educação procurando documentos e informações relativos à creche Tio Peres e muito pouco teria sido informado.

De acordo com as parlamentares a documentação de matrículas apresentada a escola Joaquim Peres da Silva ainda tem endereço na localidade São Joaquim, com 9 alunos matriculados, apesar de lei municipal haver mudado o nome. Veja documento acima. 

Sobre a mudança de nome para Francisco Rodrigues da Silva, técnicos não teriam explicado por que não haver sido efetivada. A respeito da lei de criação, ainda segundo as vereadores, foi dito que uma lei federal teria retirado a exigência de aprovação da câmara e que bastava a aprovação pelo Conselho de Educação.

As vereadoras foram também à sede do Conselho, mas não conseguiram informações.

Como se vê, apesar da narrativa adotada pelo governo Belezinha, os questionamentos sobre a creche Tio Peres vão muito além da identificação do homenageado e uma gestão que já protagonizou episódios suspeitos como a fraude do Covidão, Bolsa Família, EJA e SAMU não pode estranhar fiscalização.  


segunda-feira, 17 de junho de 2024

Encontro da Federação Fortalece União das Oposições de Chapadinha


 

Com objetivo de debater a conjuntura política municipal e defender a unidade das oposições de Chapadinha, a Federação Brasil da Esperança, comandada pelos partidos PT e PC do B, promoveu um encontro no Chapadinhense Hotel, na última sexta-feira, dia 14.

Presentes todos os pré-candidatos a prefeito, o evento foi avaliado como um sucesso porque todos os pré-candidatos reiteraram defender a união de forças.

Dr. Talvane, Josenildo Garreto, Márcia Gomes, Dr. Magno e Aldy Júnior tiveram 10 minutos para defender suas propostas e depois das falas o microfone foi aberto para a plenária que era composta, em maioria, por pré-candidatos a vereador e militantes políticos que acompanharam a palavra de ordem da unidade das forças.

Na fala dos pré-candidatos, a prefeito Dr. Talvane reafirmou que não teria restrição, que apoiaria qualquer um dentro os demais nomes da oposição e sugeriu a realização de pesquisa como critério de escolhas.

No momento aberto à plenária o ex-secretário Paiva destacou “que a prefeita Belezinha e o grupo do poder não temia nenhum nome em especial, mas tinha pânico da união entre eles”, disse pedindo que todos de mãos dadas tirassem a foto que ilustra esse texto.

Como natural em debates políticos, o encontro não deixou de ter alfinetadas e embates de bastidores que nem de longe desviaram o foco e que serão tema de outros textos.  

Por fim, bem-sucedido na tarefa de manifestar às lideranças o desejo das bases e do eleitorado de oposição em favor da união, o encontro promovido pela Federação foi o primeiro passo para consolidar o clamor por uma oposição unificada.

sábado, 15 de junho de 2024

Quem Foi Tio Peres e as Novas Suspeitas de Uso de Dados Falsos


 

Após a prefeitura anunciar a inauguração oficial da creche do Areal, que fica próximo ao estádio Lucídio Frazão, algumas pessoas começaram a indagar quem seria a personalidade homenageada com o nome do estabelecimento. Com o nome de Creche Tio Peres, o prédio homenagearia uma pessoa chamada de Joaquim Peres da Silva.

Mas quem teria sido Joaquim Peres da Silva? Perguntou-se em redes sociais, ninguém respondeu. Este blog enviou mensagem ao presidente da Câmara vereador Antonio Tote e para a secretária de educação Nara Macedo, nenhum respondeu quem seria o “Tio Peres”.

A despretensiosa pergunta sobre o homenageado intrigava pela falta de resposta, algo como estranhar escolha de um nome que entre apoiadores, vereadores, passando pelo presidente da Câmara e pela secretária de educação, que ninguém absoluta ninguém soube dizer de quem se trata, subiu de patamar quando encontramos – em pesquisa – uma escola da Zona Rural do município de Chapadinha com o mesmo nome de Joaquim Peres da Silva. Veja, abaixo, recorte do Inep

Para o MEC a Escola Joaquim Peres na Zona Rural


Nos dados do MEC a Joaquim Peres da Silva aparece com endereço na localidade São Joaquim. Chapadinha teria duas escolas com o mesmo nome? Calma a confusão vai aumentar.

Em busca no site da Câmara não encontramos nenhuma lei criando a creche, mas localizamos um projeto de lei e depois lei sancionada pela prefeita mudando o nome da escola Joaquim Peres. Em 25 de maio de 2022, a vereadora Marinete entrou com projeto de lei mudando o nome da escola do São Joaquim para Francisco Rodrigues da Silva e nas justificativas reiterou que o nome de Peres era totalmente desconhecido. “Vele destacar, que a atual escola, recebeu o nome de Joaquim Peres. Não se sabe o porque e nem a origem. De acordo com relatos de moradores, o atual homenageado nunca teve qualquer relação com a comunidade nem alguém de sua família”, relatou a vereadora Marinete. Recorte do Projeto de Lei abaixo. 

Vereadora Marinete Desconhece Joaquim Peres


Projeto aprovada pela Câmara, a antiga escola Joaquim Peres mudou e deixou de existir pela lei nº 1382 que foi sancionada pela prefeita Belezinha em 14 de dezembro de 2022.

Prefeita Sanciona Mudança de Nome


Nossa reportagem mandou mensagem para a secretária Nara Macedo, de Educação, e para o presidente da Câmara, vereador Antonio Tote e não teve respostas de nenhum dos dois, embora tenham visualizado as indagações.

Assim, a inauguração da esperada creche que poderia ensejar homenagem a alguém como (por exemplo) o ex-vice-prefeito Edmilson Conrado Pinto falecido recentemente, optam por personalidade que ninguém sabe quem foi, que nominava uma escola que sofreu alteração justamente pelo desconhecimento do homenageado, que com a mudança de nome teria sido oficialmente extinta e que, por fim, levantam novas dúvidas sobre as repetidas inserções de dados falsos nos sistemas federais.

quinta-feira, 6 de junho de 2024

Edmilson Conrado Pinto: Um Chapadinhense Essencial


 

No final da tarde desta quinta-feira, dia 06 de junho, Chapadinha perdeu uma das personalidades mais importantes de sua história. Edmilson Conrado Pinto atuou como vereador, vice-prefeito, secretário municipal e dirigente partidário, mas o que ele foi mesmo foi uma pessoa descente em tudo o que fez e cordial sob todas as coisas.

Em época de ditadura, quando a ARENA governista era imposta às lideranças, ele foi a cara do MDB da resistência e em seguida foi fundador do PT na Região.

Conrado Pinto foi destes homens essenciais, com alma de herói cotidiano. Afável, prudente e justo, que sua trajetória de vida digna vai precisar ser recontada várias vezes, para que nunca ignoremos ou esqueçamos de seu exemplo.  

Edmilson Conrado Pinto Presente!!!

Pela Unidade: Federação Promove Reunião da Oposição


 

Mantendo a linha em favor da unidade das oposições, a Federação Brasil da Esperança, composta pelos partidos PT, PC do B e PV, promove uma reunião e convida todas as lideranças contrárias à prefeita bolsonarista Ducilene Belezinha para o debate.

A reunião vai acontecer às 17 horas da sexta-feira dia 7 de junho, no auditório do Chapadinhense Hotel.

Durante a plenária cada força política deve se posicionar sobre o cenário eleitoral e propor linhas de ações conjuntas para a disputa.

De acordo com direção da Federação todos os oposicionistas pré-candidatos a prefeitos foram convidados e confirmaram presença.

quinta-feira, 23 de maio de 2024

Chapadinha é o Segundo Município do Estado com Maior Número de Pessoas em Área de Risco de Desastre Ambiental

Enchente no Povoado Mangabeira

 

110 municípios do Maranhão estão suscetíveis a desastres associados a deslizamentos de terras, alagamentos, enxurradas e inundações — segundo pesquisa realizada pelo Governo Federal, divulgada no último sábado (18).

No Brasil, foram mapeados 1.942 municípios com risco de desastre ambiental.

Ainda segundo o levantamento, as áreas dentro dessas 110 cidades consideradas em risco, concentram mais de 173 mil maranhenses, o que representa 3,5% da população do estado.

Entre os 110 municípios maranhenses apontados pelo Governo Federal suscetíveis a desastres ambiental, as 10 cidades com o maior número de moradores em áreas de risco são:

Codó – 27.191

Chapadinha – 19.499

Caxias – 10.822

Vitória do Mearim – 8.179

Trizidela do Vale – 7.361

Imperatriz – 6.719

Bacabal – 6.933

Presidente Dutra – 5.350

Timon – 4.764

Coelho Neto – 4.378

Santa Helena – 3.818

Aumento em 10 anos

Publicado no último mês de abril, o estudo refez a metodologia até então adotada, adicionando mais critérios e novas bases de dados, o que ampliou em mais de 35% o número dos municípios maranhenses considerados suscetíveis a desastres.

Em 2012, o Governo Federal havia mapeado 80 cidades maranhenses em risco desse tipo.

Recomendações

A nota técnica do estudo realizado pelo Governo Federal faz uma série de recomendações ao Poder Público para minimizar os danos dos desastres futuros, como a ampliação do monitoramento e sistemas de alertas para risco relativos a inundações, a atualização anual desses dados e a divulgação dessas informações para todas as instituições e órgãos que podem lidar com o tema.

Fonte: O Imparcial