segurança

segurança

segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Aluízio Articula Oposição de Anapurus como Candidato a Deputado Estadual


Em encontro realizado na última quinta-feira (20), o secretário de obras de Chapadinha Aluízio Santos declarou apoio à pré-candidata a prefeita de Anapurus, Professora Vanderly Monteles. 

Segundo informação de fonte da oposição local, Vanderly vai concorrer pelo PSDB, terá como vice alguém indicado pelo PT do presidente do Sindicato Rural Ademar e, em troca de ajuda da prefeita de Chapadinha, o grupo garantiria apoio a futura candidatura de Aluízio a deputado estadual.

“Aluísio Santos almoçou com as oposições de Anapurus que deram os primeiros passos, ainda que tímidos, para tentarem unir suas forças com vistas ao enfrentamento nas eleições de 2016 contra o grupo da atual prefeita do município”, disse o blog do Valdivan sobre o evento.

Aluízio se filiou recentemente no PR, partido que em Anapurus é presidido pelo esposo da candidata Vanderly, o ex-presidente da Câmara, Ivanildon Monteles. O secretário de obras de Chapadinha é por tratado por blogueiros aliados como Presidente Regional do PR no Baixo Parnaíba.

Embora a pré-candidata Vanderly tenha negado o acordo, um trecho da matéria do blogueiro Valdivan, de confiança de Aluízio não esconde o entusiasmo com a parceria. “A iniciativa partiu da principal concorrente da prefeita em 2016 e hoje maior expoente da oposição, Professora Vanderly, que aproveitando da visita do Presidente do PR Regional Aluísio Santos, convidou outras lideranças politicas da oposição para participarem desse encontro informal, mas bastante emblemático e promissor, partindo do princípio de que a presença dessas lideranças de partidos tão antagonistas a nível municipal, é um forte indicativo de que estão dispostas a abdicarem de suas ideologias político-partidárias e pessoais, para unirem forças a fim de "tirar" Anapurus do atraso e desse grupo que aí está” finalizou o blog aliado.

O acordo Vanderly prefeita & Aluízio deputado pode não acontecer, mas isso – como se vê – não será por falta de vontade dos dois.   


Nenhum comentário: