quinta-feira, 27 de novembro de 2014

SINDCHAP: Servidores Decidem Por Greve Geral e Cobram CPI do IPC


Em reunião com número de participantes avaliado como excelente pela direção da entidade, os servidores da prefeitura de Chapadinha decidiram, em Assembleia Geral do SINDCHAP, na noite de hoje, decretar Greve Geral a partir do próximo dia 8 de dezembro.

Depois de enumerar uma série de direitos dos servidores que a prefeitura estaria desconsiderando e traçar um quadro de caos na gestão da educação municipal os servidores decidiram, por unanimidade, decretar Greve Geral da categoria a partir do dia 8 de dezembro. Até lá o SINDCHAP pretende realizar protestos de mobilização, conscientização de pais de alunos sobre a situação precária da educação e sensibilizar as autoridades competentes para o drama dos funcionários públicos, em especial dos educadores.

CPI do IPC
Ainda na Assembleia Geral os servidores aprovaram uma solicitação destinada aos vereadores no sentido da instalação de uma CPI para investigar a situação do Instituto de Previdência de Chapadinha. De acordo com a deliberação, a categoria vai cobrar dos parlamentares uma posição sobre as denúncias de fraudes e desvios de recursos no IPC, que foram precipitadas pela demissão do ex-diretor Aldy Saraiva que deixou o órgão confirmando as irregularidades.

Mais detalhes sobre a Greve e investigações no IPC nas próximas matérias.  

Um comentário:

marcio eduardo disse...

Gostaria que vcs cobrasse desse governo as vagas do concurso que a prefeita foi a rádio e falou para todo o povo que chamaria 3x o numero de vagas e ate agora nada !