Publicidade

Publicidade

quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Em Contundente Discurso Juiz Cristiano Simas Enquadra Belezinha e Faz Alerta a Futuros Gestores


Pela força das palavras, escolha do momento e alerta para os agentes públicos que assumem mandatos, o discurso do juiz Cristiano Simas foi o fato mais importante da cerimônia de diplomação de ontem. O blog reproduz texto do Eduardo Braga sobre a fala de Simas e depois volta, em outra postagem, comentando os bastidores e as articulações políticas em torno do evento da diplomação.


Por - Eduardo Braga - Jornalista

A cerimônia de diplomação dos eleitos na 42ª zona eleitoral foi aberta com um discurso histórico do juiz titular, Dr. Cristiano Simas.

Se dizendo honrando por comandar a terceira eleição consecutiva da região, Dr Cristiano lembrou, sem citar o nome da prefeita Belezinha, que são os mesmos que o elogiaram no processo eleitoral de 2012 que agora espalham mentiras para confundir a opinião pública. 

Acusado de interferir no resultado eleitoral por aliados da prefeita, o juiz deixou bem claro: "O eleitor é livre! Ele quem decide a eleição". Lamentou ainda encontrar gestores "que dizem sentir saudade da época em que podiam tirar e colocar o juiz, o delegado e o promotor" e emendou: "Para essas pessoas que buscam exercer o poder atrás da intimidação, da perseguição daqueles que pensam de forma diferente fiquem certos que jamais a Justiça irá se acovardar ou deixar de cumprir com seus deveres. Não percam seu tempo acusando ou tentando intimidar a Justiça. Jamais teremos medo de enfrentar aqueles que se acham acima da lei. O resultado das urnas foi soberano e se há algum responsável esse é o povo que democraticamente escolheu seus representantes pelos próximos quatro anos".

Dr. Cristiano lembrou que as críticas que tem recebido não passam da boca miúda. Até agora nenhum dos seus críticos apresentou qualquer reclamação formal aos órgãos de controles aos quais ele está submetido.

Cada frase do discurso era acompanhada de efusivas palmas dos presentes no auditório e da multidão que acompanha a cerimônia em frente ao Fórum.

Será?

Apesar de não ter sido nominalmente citada, será que a prefeita Belezinha vai deixar o cargo sem responder o juiz? É bom lembrar que pode até não haver processo contra ele, mas ela sim responde a processo por compra de votos e adivinha quem vai julgar a ação? 

Nenhum comentário: