segurança

segurança

sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Entidades Cobram Compromisso com Transparência e Participação Popular das Chapas que Disputam a Câmara


O movimento denominado Plenária Popular em Defesa da Câmara como Um Poder Independente composto por personalidades públicas, militantes sociais e entidades representativas como SINDCHAP, STTR, MST e Pastorais lançaram proposta em favor das transmissões das sessões da câmara pelas emissoras de rádios e em defesa do que consideram avanços da participação popular garantidos pela atual gestão do parlamento municipal. Abaixo o teor da carta compromisso.  

Plenária Popular em Defesa da Câmara como Um Poder Independente

As entidades e personalidades públicas que subscrevem este documento, em reconhecimento aos pequenos, porém importantes avanços democráticos que a Câmara Municipal de Chapadinha apresentou à sociedade no biênio 2013/2014, clamando pela manutenção dos mecanismos de participação popular, transparência com a coisa pública e respeito à cidadania, vêm a público pedir o compromisso das chapas que disputarão o comando do parlamento, em eleição marcada para o dia 15 de dezembro, com as seguintes iniciativas:

1 - Manutenção das Transmissões das Sessões pelas Emissoras de Rádios Locais;

2 - Continuidade da Tribuna Popular Como Forma de Levar os Anseios dos Cidadãos a Apreciação Pública e dos Poderes Constituídos;

3 - Retomada da Câmara Municipal Itinerante Com Intuito de Descentralizar Ações e Aumentar a Participação Popular no Poder Legislativo;

4 - Prosseguimento, Ampliação e Fortalecimento do Portal da Transparência Sobre as Verbas Destinadas à Câmara Municipal;

5 - Confirmação da Realização de Audiências Públicas como Prática Natural de Fomento ao Debate Público e Democrático Sobre os Principais Problemas da Municipalidade.

Compromisso

O vereador Irmão Carlos / PRB, que concorre à presidência da câmara, já assinou a carta dos movimentos sociais e reforçou o compromisso com reivindicações por meio de discurso na sessão de ontem. As entidades aguardam da vereadora Márcia Gomes / PR – que também concorre à presidência do legislativo – uma posição sobre a carta compromisso. 

Nenhum comentário: