segurança

segurança

terça-feira, 5 de maio de 2015

Belezinha Sugere a Famílias que Vendam Casas Para Custear Faculdade de Medicina dos Filhos


A questão da faculdade particular de medicina a que Chapadinha concorre continua rendendo assunto na mídia e no meio político locais. No momento em que muitos foram levados a crer que se tratava de Universidade Pública e que sua vinda já era dada como certa, uma matéria deste blog demonstrou tratar-se de uma faculdade particular e que a “assinatura história da garantia do sonhado curso”, era apenas uma candidatura ainda passível de análises de condições, verificações e vistorias no próprio município.

Defesa do Curso
A defesa do curso ficou por conta da prefeita Belezinha, da presidente da Câmara Márcia Gomes / PR e do vereador oposicionista Eduardo Braga / PT.

Eduardo Braga reconheceu como corretas as informações do Blog e defendeu a vinda do curso mesmo sendo uma faculdade particular e acesso restrito. Mesmo assim Braga argumenta que haveria benefícios para Chapadinha e se comprometeu a lutar junto ao governo federal pela vinda do curso. Em entrevista que demonstrou desconhecimento do tema e usando frases como “eu acho” e “deve ser”, Márcia Gomes também defendeu o curso, em entrevista à Rádio Mirante.

Venda Sua Casa! Retorno Garantido
Belezinha usou a Rádio Mirante para taxar as informações do blog de torcida contra, mas teve que reconhecer que a faculdade pretendida era particular. Especulando ser possível a faculdade particular vir a Chapadinha cobrando uma mensalidade com valor abaixo do praticando pelo UNICEUMA, que custa R$ 6.990,90, a prefeita disse que o curso valeria o investimento e aconselhou famílias a venderem bens como casas e veículos para custear o curso cujos ganhos financeiros garantiriam retorno ao formando em menos de um após a conclusão.

Já que não preciso nem comentar a destrambelhada dica da prefeita Belezinha para o custeio do curso mediante venda do patrimônio, já aqui temos poucas famílias possuidoras de tantos imóveis que possam vender e continuar tendo onde morar.

Nada Contra...
Em texto anterior já disse que apesar de bem menores que os ganhos da propagando oficial o curso é capaz de trazer algum desenvolvimento. Por isso - sem o mesmo entusiasmo dos governistas - não sou contra a vinda do curso de medicina ou de engenharia mecatrônica mesmo se a mensalidade for de 10 mil reais, porque há de ter alguém que possa pagar tal valor sem ter que vender seu imóvel pra Belezinha e passar a morar debaixo da ponte.


Tem o lendário poder da minha torcida... Mas isso é assunto pra outro texto. 

Nenhum comentário: