segurança

segurança

sexta-feira, 8 de maio de 2015

Zé Inácio Leva Puxão de Orelha e Acaba Detonado por Blogs de Governo e Oposição


Do Blog Marrapá

O deputado estadual Zé Inácio / PT, votado em Chapadinha e apoiado por Belezinha, levou um baita “puxão de orelhas” em plenário, na sessão desta quinta-feira (07), quando tentou questionar o procedimento da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa na apreciação do Projeto de Lei, de iniciativa do Poder Executivo, que dispõe sobre a instituição e gestão da região metropolitana da grande São Luís. Coube aos experientes Eduardo Braide (PMN) e Othelino Neto (PCdoB) explicaram ao principiante parlamentar o “beabá” dos trâmites regimentais do parlamento.
Uma hora com cara de governo outra hora com discurso de oposição, o petista, sem conhecimento dos trâmites e sem acompanhar direito o Diário da Assembleia, alegou que houve atropelo da Mesa Diretora na aprovação da Lei, no que foi repreendido pelos colegas de parlamento. “O projeto não poderia ter entrado da forma como entrou e nós deveríamos fazer o debate político sobre os municípios”, disse o petista ao afirmar que não viu discussão nenhuma sobre o tema e que não haveria quórum qualificado para a votação.
Na tribuna, Zé Inácio levou a primeira enquadrada de Eduardo Braide que o informou sobre a ampla discussão do projeto no meio político, inclusive com audiências públicas. Sobre a votação em plenário, ele  disse ao petista, que nem se encontrava em plenário na hora da apreciação, que  a lei foi aprovada, por unanimidade, com dois votos a mais do que precisava para passar e pediu à Mesa Diretora que envie uma cópia, em dvd, da sessão de segunda-feira (04) para que o mesmo tomasse ciência do que desconhece.
“Acho que o deputado Zé Inácio tem que ter responsabilidade quando sobe a esta tribuna para dizer que a lei não foi aprovada seguindo os trâmites. E quem vai provar isso não sou eu. É a gravação. E no final, quero dizer que qualquer questão de ordem tem que ser levantada no ato da votação, e V. Ex.ª admitiu que não estava em plenário, por isso deixou de ter o direito de reclamar naquele momento”, disse Braide ao sugerir que Zé Inácio, após assistir ao vídeo, venha se retratar na tribuna.
Othelino também reagiu à queixa descabida de Zé Inácio e disse que a Mesa Diretora não rasga o regimento e sim o respeita. O deputado disse que ficou admirado com a forma grosseira com que o petista se referiu à relação do parlamento com o governo do Estado, até porque, ao que consta, o mesmo seria da base governista.

“Sugiro até uma reflexão a V. Exa para saber se és da base do governo ou de oposição. Porque confesso que, algumas vezes, eu fico em dúvida”, alfinetou Othelino.

Blog do Gilberto Leda 


Nenhum comentário: