segurança

segurança

domingo, 15 de março de 2015

Levi Pontes Consegue Restaurante Popular para Chapadinha

Restaurante Popular de São Luís

A exemplo do que já acontece em São Luís e Imperatriz, Chapadinha vai ganhar seu primeiro Restaurante Popular nos próximos dias. O anúncio foi feito na tarde de hoje pelo deputado Levi Pontes / Solidariedade, que conseguiu o benefício por meio de solicitação direta ao governador Flávio Dino.

O restaurante popular é destinado ao preparo e à comercialização de refeições adequadas e saudáveis a preços acessíveis e seu público-alvo é composto essencialmente por trabalhadores, pessoas de baixa renda, desempregados, idosos e estudantes.

A gestão do Restaurante Popular de Chapadinha ficará por conta da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social e Agricultura Familiar (Sedes), o local de funcionamento – que deve ser o mais central possível – está sendo escolhido e o preço das refeições deve variar entre R$ 1,00 e 1,50.

De acordo com o deputado Levi Pontes o Restaurante Popular de Chapadinha deve fornecer inicialmente cerca de 500 refeições diárias. “Neste primeiro momento conseguimos 500 refeições por dia, mas até o final do ano queremos garantir mais de 1.000 pessoas atendidas com comida nutritiva e de qualidade”, disse o deputado.

Levi destacou a sensibilidade do governador e o empenho do secretário de desenvolvimento social para a vinda do programa. “O governador Flávio Dino sabe da dificuldade do povo de Chapadinha que foi muito esquecido por administrações anteriores e por isso temos sob o comando dele uma oportunidade de trazer muitas coisas boas para nossa cidade e região”, declarou. “O jovem secretário Neto Evangelista prontamente atendeu nosso pleito o que demonstra que teremos nele um grande parceiro”, completou Levi Pontes.


Segundo Levi Pontes o restaurante popular deve começar a funcionar ainda no primeiro semestre. “O prazo sugerido foi de 90 dias, mas vamos cobrar e ajudar no que for possível para que o Restaurante Popular comece a beneficiar o povo de Chapadinha o quanto antes”, finalizou o deputado Levi Pontes de Aguiar.  

Nenhum comentário: